sicnot

Perfil

País

Onze distritos sob aviso amarelo devido à chuva e vento forte

Onze distritos de Portugal continental vão estar hoje e quinta-feira sob Aviso Amarelo, devido à previsão de períodos de chuva e vento forte, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© Dylan Martinez / Reuters

Os distritos de Viana do Castelo, Porto, Braga, Aveiro, Vila Real, Viseu, Bragança, Guarda, Coimbra, Leiria e Castelo Branco vão estar sob Aviso Amarelo entre as 21:00 de hoje e as 9:00 de quinta-feira devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 70 quilómetros por hora, sendo de 95 quilómetros por hora nas terras altas.

Estes onze distritos vão estar também sob Aviso Amarelo por causa da precipitação, prevendo-se períodos de chuva que poderá ser por vezes forte.

O Aviso Amarelo emitido para a previsão de chuva vai estar em vigor entre as 3:00 e as 12:00 de quinta-feira.

De acordo com o IPMA, o Aviso Amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, representa uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Com Lusa

  • O tempo para hoje
    0:38

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê, nas regiões do norte e centro, céu geralmente muito nublado, aguaceiros, por vezes fortes no litoral a norte do Cabo Mondego, passando a períodos de chuva nas regiões do litoral no final do dia, queda de neve acima de 1200/1400 metros, subindo gradualmente a cota para os pontos mais altos da Serra da Estrela e possibilidade de ocorrência de trovoada.

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.