sicnot

Perfil

País

Onze distritos sob aviso amarelo devido à chuva e vento forte

Onze distritos de Portugal continental vão estar hoje e quinta-feira sob Aviso Amarelo, devido à previsão de períodos de chuva e vento forte, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© Dylan Martinez / Reuters

Os distritos de Viana do Castelo, Porto, Braga, Aveiro, Vila Real, Viseu, Bragança, Guarda, Coimbra, Leiria e Castelo Branco vão estar sob Aviso Amarelo entre as 21:00 de hoje e as 9:00 de quinta-feira devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 70 quilómetros por hora, sendo de 95 quilómetros por hora nas terras altas.

Estes onze distritos vão estar também sob Aviso Amarelo por causa da precipitação, prevendo-se períodos de chuva que poderá ser por vezes forte.

O Aviso Amarelo emitido para a previsão de chuva vai estar em vigor entre as 3:00 e as 12:00 de quinta-feira.

De acordo com o IPMA, o Aviso Amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, representa uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Com Lusa

  • O tempo para hoje
    0:38

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê, nas regiões do norte e centro, céu geralmente muito nublado, aguaceiros, por vezes fortes no litoral a norte do Cabo Mondego, passando a períodos de chuva nas regiões do litoral no final do dia, queda de neve acima de 1200/1400 metros, subindo gradualmente a cota para os pontos mais altos da Serra da Estrela e possibilidade de ocorrência de trovoada.

  • Seca agrava prejuízos agrícolas no Alentejo
    2:11
  • Al Gore e Garry Kasparov vão estar na Web Summit

    Web Summit

    Al Gore, antigo vice-Presidente dos Estados Unidos da América, Garry Kasparov, lendário jogador de xadrez, e Steve Huffman, o dirigente e cofundador da rede social Reddit são os novos nomes anunciados para a 2.ª Web Summit em Lisboa.

  • Estudantes universitários poderiam estar a pagar propinas mais baixas
    2:02

    País

    Os alunos universtários poderiam estar a pagar propinas mais baixas do que pagam atualmente. A situação foi denunciada pela Federação Académica do Porto, que diz que os estudantes estão a pagar cerca de 100 euros a mais do que deviam. O INE admite, num documento enviado ao Governo, que pode existir um método melhor para o cálculo destes valores.