sicnot

Perfil

País

Simulacro de acidente rodoviário testa hoje meios de socorro no Túnel do Marão

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) realiza hoje um simulacro de um acidente rodoviário no Túnel do Marão que tem por objetivo testar os meios dos vários agentes envolvidos no socorro dentro desta estrutura.

(SIC/ Arquivo)

A Autoestrada do Marão, que vai ligar Amarante a Vila Real e que tem 26 quilómetros, seis dos quais em túnel, começou a ser construída em 2009 e, depois de três paragens, está a poucos dias de ser inaugurada, embora a data oficial ainda não tenha sido anunciada.

O Ministério da Administração Interna explicou que o simulacro de acidente rodoviário, que se realiza esta noite, tem por objetivo testar os meios de socorro dos vários agentes de Proteção Civil, envolvidos no Plano Prévio de Intervenção e no Plano de Emergência Interno, face a um eventual acidente naquela estrutura rodoviária.

O exercício de salvamento, desencarceramento e pré-hospitalar vai contar com o envolvimento de cerca de 40 operacionais entre elementos da estrutura operacional da ANPC, corpos de bombeiros (Cruz Branca, Cruz Verde, Amarante e Vila Meã), INEM e GNR.

No local vão estar também elementos da Infraestruturas de Portugal (meios de assistência rodoviária) e da empresa Teixeira Duarte (apoio a manobras que necessitem da intervenção do construtor).

O exercício vai ser acompanhado pelo secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes.

No final, durante uma conferência de imprensa, será apresentado o Plano Prévio de Intervenção.

O secretário de Estado da Administração Interna procederá ainda à entrega simbólica de quatro conjuntos de Equipamento de Proteção Individual (EPI) a cada um dos quatro corpos de bombeiros com intervenção no túnel.

Lusa

  • Bombeiros preocupados com falta de formação para responder a emergências no túnel do Marão
    1:39

    País

    A um mês da abertura ao público do Túnel do Marão, os bombeiros de Vila Real estão preocupados. Até agora, ainda não foi feita a formação nem a entrega de equipamento necessário, para que os bombeiros possam responder em caso de urgência. A Infraestruturas de Portugal garantem que há uma equipa de trabalho a tratar da segurança desde 2014. Está prevista formação em Espanha e simulacros dentro do túnel que tem quase 6 quilómetros.

  • Escavação do Túnel do Marão concluída
    3:59

    País

    Foi concluída, esta noite, a escavação na segunda galeria do Túnel do Marão. Uma equipa de reportagem da SIC acompanhou o momento que marcou o fim dos trabalhos de escavação que começou em 2009 pela mão do antigo primeiro-ministro José Sócrates e esteve parada durante mais de três anos.

  • Simulado acidente em túnel da A24, o segundo maior do país
    2:29

    País

    Realizou-se um simulacro de acidente rodoviário no segundo maior túnel de Portugal, na A24, em Castro Daire. O objetivo foi testar o plano de emergência da concessionária e os meios de socorro, mas também ajudar a projetar aquele que será o plano de emergência do futuro túnel do Marão.

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.