sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje nas regiões do norte e centro céu geralmente muito nublado, períodos de chuva, por vezes forte, tornando-se persistente a partir do meio da manhã na região centro e possibilidade de ocorrência de trovoada, em especial na região centro.

Está também previsto vento moderado do quadrante sul, soprando forte com rajadas até 80 quilómetros por hora no litoral a norte do Cabo Carvoeiro até ao meio da manhã, sendo moderado a forte do quadrante sul, soprando forte com rajadas até 95 quilómetros por hora até ao início da tarde.

O IPMA prevê ainda uma pequena subida da temperatura mínima.

Para o sul a previsão aponta para céu geralmente muito nublado, com abertas no Baixo Alentejo e Algarve a partir do final da tarde, períodos de chuva, em especial no Alto Alentejo e Estremadura, vento moderado do quadrante sul, soprando moderado a forte nas terras altas e pequena subida da temperatura mínima.

Em Lisboa as temperaturas variam entre 15 e 16 graus Celsius, no Porto entre 12 e 16, em Vila Real entre 09 e 15, em Viseu e em Bragança entre 08 e 14, na Guarda entre 07 e 11, em Coimbra entre 13 e 18, em Castelo Branco entre 10 e 16, em Santarém entre 13 e 18, em Évora entre 10 e 21, em Beja entre 10 e 20 e em Faro entre 13 e 19.

Com Lusa

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • "O futuro da Autoeuropa não está em causa"
    0:43

    Economia

    O secretário de Estado do Trabalho apelou a que os partidos não se intrometam nas negociações entre os trabalhadores e a administração da Autoeuropa. Em entrevista à Edição da Noite da SIC Notícias, Miguel Cabrita afastou a hipótese de estar em causa o encerramento da fábrica de Palmela.