sicnot

Perfil

País

Relação mantém juíza do caso que opõe Bárbara Guimarães a Carrilho

O Tribunal da Relação de Lisboa decidiu manter a juíza do caso que opõe Bárbara Guimarães a Manuel Maria Carrilho, Joana Ferrer Andrade.

O tribunal julgou improcedente os dois pedidos de recusa que tinham sido apresentados pelo Ministério Público e pela apresentadora de televisão.

A decisão foi tomada por maioria (2-1), com voto vencido de um dos juízes.

Em causa estavam as considerações feitas por Joana Ferrer na primeira sessão de julgamento, em fevereiro passado, quando a magistrada criticou em audiência a demora de Bárbara Guimarães em apresentar queixa contra Carrilho.

Tanto o Ministério Público como Bárbara Guimarães pediram então o afastamento da juíza, solicitando que fosse outra magistrada a julgar o caso.

Última atualização às 16:47/Com Lusa

  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Putin sai em defesa de Trump
    2:29

    Mundo

    Vladimir Putin já saiu em defesa de Donald Trump e diz que houve uma tentativa de minar o Presidente eleito dos Estados Unidos, através de um alegado relatório, atribuido à espionagem russa. Putin diz que o relatório é falso.