sicnot

Perfil

País

Suspeito de matar a mãe no Porto fica em ala psiquiátrica prisional

O Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto decretou esta quinta-feira o internamento preventivo em ala prisional psiquiátrica ao suspeito de matar a mãe de 77 anos na quarta-feira, no Bairro da Pasteleira, disse fonte judicial.

Abdeslam está detido na prisão de alta segurança de Bruges

Abdeslam está detido na prisão de alta segurança de Bruges

© Eric Vidal / Reuters

O homem, de 58 anos, "vai ser conduzido ao Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo na situação de internamento preventivo, na ala psiquiátrica, enquanto subsistir a situação de anomalia psíquica", disse à Lusa fonte do próprio TIC.

A idosa foi encontrada morta em casa, na quarta-feira, alegadamente vítima de homicídio, sendo o filho o suspeito, informou na altura à agência Lusa a PSP.

A polícia foi chamada ao local cerca das 18:00 e no interior da casa encontrou o corpo da mulher, com sinais visíveis de violência, "indiciadores da prática de homicídio", segundo a PSP.

O corpo da idosa foi transportado para o Instituto de Medicina Legal e o caso entregue à PJ para investigação.

O filho, que aparentava ter perturbações mentais, foi conduzido às instalações da Polícia Judiciária (PJ).

A idosa foi atingida na zona do tórax e do abdómen com uma arma branca, detalha, entretanto, um comunicado emitido pela PJ no qual anuncia a detenção do suspeito.

Numa curta nota de imprensa, a Diretoria do Norte da PJ indicia o homem pela prática de crime homicídio da progenitora, com quem cohabitava.

Lusa

  • PJ deteve suspeito de matar a mãe à facada
    1:52

    País

    A Polícia Judiciária deteve um suspeito de matar a mãe à facada, no bairro da Pasteleira, no Porto. O homem sofre de problemas mentais e teria sido encerrado em casa, pela própria mãe. A mulher, de 78 anos, foi esfaqueada no peito e abdómen. A SIC falou uma vizinha dos suspeito, que será ex-militar, e da mãe.

  • Idosa de 78 anos encontrada morta em casa no Porto
    1:45

    País

    Um idosa, de 78 anos, foi ontem encontrada morta em casa, no Bairro da Pasteleira no Porto, num caso de aparentemente homicídio. A polícia foi chamada ao local, ao final da tarde, pelo suspeito de 57 anos. No interior da casa, a PSP encontrou o corpo da mulher com sinais visíveis de violência, "indicadores da prática de homicídio". A Políca Judiciária está a investigar o caso.O filho, principal suspeito e aparentemente com perturbações mentais, foi levado para as instalações da Polícia Judiciária.Com Lusa

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.