sicnot

Perfil

País

Vento forte, chuva, trovoadas e granizo até à tarde de sábado

O vento e a chuva forte, por vezes acompanhada de trovoadas e de granizo, vai fazer-se sentir com mais intensidade no continente a partir de hoje e até à tarde de sábado, adiantou a meteorologista Maria João Frada.

PEDRO NUNES

"Temos, sob o Atlântico, uma depressão relativamente extensa, que vai afetar Portugal continental até terça-feira, se bem que os dias mais gravosos serão a tarde de hoje, amanhã [sexta-feira] e até ao meio da tarde de sábado", adiantou à agência Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com a especialista, a partir do meio da tarde de sábado e durante domingo e segunda-feira vai haver uma melhoria do estado do tempo.

"Hoje, estamos a registar alguns períodos de chuva ou aguaceiros mais intensos nas regiões a norte do sistema Montejunto/Estrela. No entanto, prevê-se que, a partir da tarde e até as 21:00 de hoje, haja um agravamento do estado do tempo na região centro. Estamos a prever precipitação persistente, forte e acompanhada de trovoadas", disse.

Devido a este agravamento, explicou a especialista, já foi emitido 'Aviso Laranja' para os distritos de Coimbra, Leiria, Guarda, Castelo Branco, Santarém e eventualmente será também afetada a parte norte do distrito de Lisboa.

"Nestes distritos, não se pode excluir a existência de fenómenos extremos de vento. A probabilidade é baixa, mas existe. Amanhã [sexta-feira] estamos a prever, nas regiões norte e centro, até ao meio da tarde chuva forte acompanhada de trovoada", salientou.

De acordo com Maria João Frada, na sexta-feira vai ocorrer um agravamento da chuva na região sul, estando também reunidas condições para fenómenos extremos de vento.

"Estão reunidas condições, mais até do que hoje, para ocorrerem fenómenos extremos de vento. A partir da tarde de sábado e de um modo geral por todo o território o cenário vai melhorar. A ocorrer chuva, será fraca e pouco frequente", afirmou.

No que diz respeito às temperaturas, Maria João Frada adiantou que vão ser amenas, não se prevendo frio nem queda de neve.

"As máximas vão variar entre os 17 e os 20 graus Celsius, com exceção da Serra da Estrela, e as mínimas entre os 08 e os 12", disse.

Maria João Frada salientou ainda que o início de semana será menos gravoso em termos de chuva, mas a partir de terça-feira a tendência é para o regresso do mau tempo.

A previsão de mau tempo levou entretanto a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) a emitir um aviso à população.

Até ao final do dia de sexta-feira, prevê-se que as regiões mais afetadas sejam as situadas a norte do alinhamento Montejunto-Estrela, não sendo de excluir a possibilidade de subida do nível das águas nas bacias do Minho, Cávado, Douro, Mondego e Tejo.

A ANPC alertou para situações de piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água, inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem, danos em estruturas montadas ou suspensas, possibilidade de queda de ramos ou árvores e fenómenos associados a instabilização e saturação dos solos.

Em comunicado, a autoridade advertiu também para a necessidade de garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, retirada de inertes e objetos que possam ser arrastados e de adotar uma condução defensiva.

Lusa

  • Chuva e vento fortes nos próximos dias

    País

    A Proteção Civil emitiu hoje um aviso à população devido à previsão de um agravamento das condições meteorológicas para os próximos dias, com chuva e vento fortes, podendo ocorrer cheias em meios urbanos historicamente vulneráveis.

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC