sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, períodos de chuva, sendo por vezes forte e persistente nas regiões norte e centro até ao final da tarde, possibilidade de queda de granizo e condições favoráveis à ocorrência de trovoada, em especial nas regiões norte e centro.

O IPMA baixou de aviso laranja para amarelo, o segundo menos grave, os distritos de Coimbra, Leiria, Guarda, Castelo Branco e Santarém, apesar de manter a previsão de chuva forte.

Está também previsto vento moderado do quadrante sul, soprando moderado a forte no litoral oeste com rajadas até 60 quilómetros por hora até ao início da tarde, sendo nas terras altas forte de sudoeste com rajadas até 80 quilómetros por hora, soprando temporariamente moderado no interior norte e centro até ao final da manhã.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre 14 e 17 graus Celsius, no Porto entre 11 e 16, em Vila Real entre 08 e 15, em Viseu entre 08 e 14, em Bragança entre 07 e 13, na Guarda entre 08 e 11, em Castelo Branco entre 12 e 16, em Coimbra entre 13 e 17, em Santarém entre 13 e 19, em Évora entre 10 e 21, em Beja entre 11 e 22 e em Faro entre 14 e 19.

Com Lusa

  • Primeiro eclipse solar 100% visível nos EUA em 38 anos
    0:40
  • "É muito importante que os EUA mostrem determinação política e militar"
    0:50

    Mundo

    Os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos iniciaram hoje as manobras anuais numa altura marcada pela recente escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Para Miguel Monjardino, comentador da SIC, estes exercícios militares são encarados como uma provocação para a Coreia do Norte. Monjardino defende que é importante que os EUA mostrem determinação no atual clima de tensão nuclear.

  • Campanha eleitoral em Angola chega hoje ao fim

    Mundo

    Os candidatos às eleições gerais angolanas de quarta-feira terminam hoje um mês de campanha, com milhares de quilómetros percorridos, uma breve aparição de José Eduardo dos Santos e as possíveis coligações em destaque.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • Morreu o rei da comédia
    2:08

    Cultura

    Um dos grandes nomes do humor norte-americano morreu ontem, aos 91 anos. Jerry Lewis era comediante, ator, argumentista, cantor e realizador. Considerado o rei da comédia, Lewis influenciou diferentes gerações de comediantes e foi defensor de várias causas humanitárias, entre as quais a distrofia muscular.

  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.