sicnot

Perfil

País

PS perde votos, Marcelo entra em alta

Sondagem

PS perde votos, Marcelo entra em alta

Se as eleições legislativas fossem hoje o Partido Socialista venceria, sem maioria e com menos votos que há um mês. Na primeira sondagem depois da tomada de posse do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa aparece com a popularidade em alta, acima dos 55%. São os resultados da sondagem SIC/Expresso.

Marcelo Rebelo de Sousa quis transformar a Rresidência na República dos afetos e a ideia está, claramente a render-lhe popularidade.

Na primeira sondagem feita depois da tomada de posse, o Presidente da República aparece com um saldo muito acima da média, 55,5% que os próximos meses dirão se são para manter ou não.

Quem também não está nada mal na popularidade é António Costa. O primeiro-ministro sobe este mês mais de cinco pontos para quase 24%.
Catarina Martins também continua a subir e já ultrapassa os 17%, enquanto Assunção Cristas, que também é uma estreia nestes barómetros, consegue mais de 11 % de saldo positivo.

Pedro Passos Coelho, sobe em relação ao mês passado, mas ainda não chega aos 10%. E o único que continua em queda é Jerónimo de Sousa, que ainda assim tem um saldo positivo de pouco mais de 6%.

Será a popularidade dos líderes partidários proporcional aos votos que conseguiriam em urna? Nem sempre, mas neste capítulo mudou pouco no espaço de um mês.

Se as eleições legislativas fossem hoje, o PS venceria com pouco mais de 34% dos votos, menos sete décimas que no barómetro anterior.

O PSD, nem sobe, nem desce. Ficaria com os mesmos 32% do mês passado, enquanto o Bloco de Esquerda recupera cinco pontos e chega aos 9,7%.

A quarta força política continua a ser a CDU com 8,3%. O CDS de Assunção Cristas derrapa três décimas e chega aos 7,7%.

O PAN continua no fim da tabela com pouco mais de um por cento e também cai ligeiramente.

O estudo de opinião é da Eurosondagem, foi feito entre os dias 7 e 13 de abril através de 1026 entrevistas telefónicas validadas.

  • Vigília à porta da Autoeuropa contra novo horário
    1:13

    País

    Alguns trabalhadores da Autoeuropa fizeram este domingo uma vigília junto à fábrica, contra a imposição do novo horário de trabalho, que começa em fevereiro. Os trabalhadores estão contra essa obrigatoriedade e dizem que é ilegal porque não cumpre as 35 horas de descanso entre turnos.

  • Krovinovic não joga mais esta época

    Desporto

    O futebolista croata Filip Krovinovic lamentou este domingo a lesão nos ligamentos do joelho direito, sofrida no sábado na receção do Benfica ao Desportivo de Chaves (3-0), assumindo a confiança na conquista do quinto campeonato consecutivo pelo clube.

  • Marco Silva despedido do comando técnico do Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva deixou o comando técnico do Watford, anunciou o 10.º classificado da Liga inglesa de futebol no seu sítio na Internet. "Foi uma decisão difícil e não foi tomada de ânimo leve. O clube está convencido de que a contratação de Marco Silva foi a correta e não fosse a abordagem indesejada de um rival da 'Premier League', continuaríamos a prosperar sob o seu comando", lê-se no comunicado do clube.

  • Waris estreia-se nos treinos do FC Porto

    Desporto

    O avançado ganês Majeed Waris, emprestado pelos franceses do Lorient, treinou este domingo pela primeira vez com o plantel do FC Porto, anunciou o líder da I Liga portuguesa de futebol no seu sítio oficial na Internet.