sicnot

Perfil

País

Juíza decreta prisão preventiva para um dos 15 arguidos do caso Tax Free

A juíza de Instrução criminal decretou prisão preventiva para um dos 15 arguidos, um funcionário da Autoridade Tributária, no âmbito do primeiro interrogatório judicial em torno da Operação Tax Free, informou em comunicado a Procuradoria-Geral da República (PGR).

AP

Dos restantes 14 arguidos, sete funcionários da Autoridade Tributária (AT) ficam sujeitos às medidas de coação de suspensão de funções e de proibição de contactos, enquanto os quatro técnicos oficias de contas e os três empresários ficam sujeitos à proibição de contactos.

A investigação, dirigida pelo Ministério Público com a colaboração da Polícia Judiciária (PJ), centra-se em "suspeitas da prática, por parte de trabalhadores da Autoridade Tributária, de atos violadores dos respetivos deveres funcionais, a troco de dinheiro ou de outros bens".

No inquérito, que "corre termos no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa e se encontra em segredo de justiça" como esclarece a PGR, estão em investigação "factos suscetíveis" de integrarem, designadamente, crimes de corrupção passiva e ativa, indica a nota.

"Em causa estão alegadas ligações que terão sido estabelecidas entre alguns funcionários da Autoridade Tributária e técnicos oficiais de contas, advogados, empresários, outros prestadores de serviços na área tributária e contribuintes que se mostrassem dispostos a pagar quantias monetárias ou outros proventos para que lhes fosse fornecida informação fiscal, bancária ou patrimonial de terceiros e consultadoria fiscal", precisa o comunicado da PGR.

Ao anunciar a operação na terça-feira, a PJ referiu ter sido o resultado de uma "complexa e sigilosa investigação" da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) daquela polícia, em colaboração com AT, e mobilizou mais de 200 elementos da Polícia Judiciária, bem como magistrados judiciais e do Ministério Público.

Na mesma ocasião, a PCR informou que a investigação incidiu sobre suspeitas da prática, por parte de trabalhadores da AT, de atos violadores dos respetivos deveres funcionais, a troco de dinheiro ou de outros bens.

A investigação foi dirigida pela 9.ª Secção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa.

Lusa

  • 15 detidos por suspeitas de corrupção em repartições das finanças
    1:38

    País

    A Polícia Judiciária e Procuradoria-geral da República (PGR) confirmam que foram detidas 15 pessoas na megaoperação na Grande Lisboa que investiga suspeitas de corrupção na Autoridade Tributária. Um esquema que envolve altas chefias nas repartições de Finanças e que passaria por dar falsos perdões fiscais a empresas, a troco de dinheiro. As autoridades atribuíram-lhe o nome de Operação Tax Free.

  • "Quem faz isto sabe estudar os dias e o vento para arder o máximo possível"
    4:15
  • O balanço trágico dos incêndios do fim de semana
    0:51

    País

    Mais de 500 mil hectares de área ardida, 42 vítimas mortais, 71 de feridos, dezenas de casas e empresas destruídas. É este o balanço de mais um fim de semana trágico para Portugal a nível de incêndios florestais.

  • 2017: o ano em que mais território português ardeu
    1:41

    País

    Desde janeiro, houve mais área ardida do que em qualquer outro ano na história registada de incêndios florestais. Segundo dados provisórios do Sistema Europeu de Informação sobre Fogos Florestais, mais de 519 mil hectares foram consumidos pelas chamas até 17 de outubro, o que representa quase 6% de toda a área de Portugal. 

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • O que resta de Tondela depois dos incêndios
    1:07

    País

    O concelho de Tondela é agora um mar de cinzas, imagens recolhidas pela SIC com um drone mostram bem a dimensão do que foi destruído pelos incêndios. Perto 100 habitações principais ou secundárias, barracões, oficinas e stands arderam. 

  • Moradores reuniram esforços para salvar idosos das chamas em Pardieiros
    2:50

    País

    O incêndio de domingo em Nelas fez uma vítima mortal: um homem de 50 anos, de Caldas da Felgueira, que regressava de uma aldeia vizinha, onde tinha ido ajudar a combater as chamas. Em Pardieiros, no concelho de Carregal do Sal, várias casas arderam e uma jovem sofreu queimaduras ao fugir do incêndio. Durante o incêndio, pessoas reuniram esforços para salvar a povoação.

  • Cinco unidades fabris em Tondela destruídas pelas chamas
    3:06

    País

    As contas finais dos prejuízos na zona industrial de Tondela ainda não são definitivas, mas há cinco unidades fabris que foram atingidas pelas chamas. O aterro sanitário do Planalto Beirão foi também atingido pelo fogo que atravessou Tondela, onde ardeu o equivalente a 20 anos de resíduos orgânicos.

  • As lágrimas do primeiro-ministro do Canadá

    Mundo

    O primeiro-ministro da Canadá, Justin Trudeau, emocionou-se esta quarta-feira ao falar de um artista que morreu depois de perder uma luta contra o cancro. Gord Downie, vocalista da banda de rock canadiana "The Tragically Hip", faleceu esta terça-feira, aos 53 anos, vítima de um tumor cerebral.