sicnot

Perfil

País

Bragança oferece apoio domiciliário a idosos

Bragança oferece apoio domiciliário a idosos

Para evitar a institucionalização prematura de muitos idosos, a Santa Casa da Misericórdia de Bragança presta serviços ao domicílio que os mantém ativos e acompanhados o máximo de tempo possível. Algumas das respostas são: fisioterapia, exercício físico, musicoterapia, nutrição e exercício cognitivo. Além de servir refeições na casa de 90 utentes, a Misericórdia de Bragança também presta apoio nutricional aos que precisam.

  • Idosos sozinhos ou isolados vão ser sinalizados pela GNR
    1:34

    País

    A Operação Censos Sénior 2016, já está em curso e vai durar até ao final do mês. O objetivo é vigiar, patrulhar e socorrer em caso de urgência os idosos que vivem sozinhos ou isolados. Pela primeira vez, os militares da GNR vão fazer um levantamento das pessoas portadoras de deficiência e informar as entidades competentes das situações de potencial perigo. No ano passado, foram sinalizados mais de 39 mil casos.

  • Alojamento gratuito a estudantes dispostos a partilhar casa com idosos
    2:31

    País

    Faz já sete anos que o projeto "Lado a lado" da Associação Académica de Coimbra e do Centro de Acolhimento João Paulo II oferece alojamento gratuito a estudantes em casa de idosos que desejam acompanhamento diário. E apesar das dificuldades financeiras de muitos dos alunos para se manterem na universidade, o número de interessados é menor do que o de idosos disponíveis para receber hóspedes.{segue clip}

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras