sicnot

Perfil

País

Aviso amarelo em quatro distritos devido à previsão de chuva forte

Quatro distritos do continente estão hoje sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© Miguel Vidal / Reuters

De acordo com o instituto, os distritos de Portalegre, Évora, Beja e Faro estão sob aviso amarelo até às 13:00 de hoje devido à previsão de aguaceiros por vezes fortes, que podem ser de granizo e acompanhados por trovoadas.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave numa escala de quatro, significa "risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica".

O instituto prevê para hoje, no continente, períodos de céu muito nublado, aguaceiros, em especial durante a tarde, que poderão ser pontualmente fortes e de granizo, possibilidade de queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela e condições favoráveis à ocorrência de trovoada.

A previsão aponta ainda para vento fraco a moderado do quadrante sul, soprando temporariamente moderado a forte nas terras altas e descida da temperatura mínima.

Em Lisboa e no Porto as temperaturas vão oscilar entre os 12 e os 18 graus Celsius e em Faro entre os 13 e os 19.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.