sicnot

Perfil

País

Cotas na Foz do Douro desceram e não está previsto que a água ultrapasse as margens

O comandante da Capitania Marítima do Douro informou hoje que as cotas na Foz do Douro desceram ligeiramente em relação ao período da tarde e não está previsto que a água ultrapasse as margens.

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

[REUTERS]

"As cotas na Foz do Douro desceram ligeiramente em relação ao período da tarde devido à descida da maré. É expetável que durante a próxima preia-mar se atinjam os valores registados durante a tarde", explicou o comandante Teixeira Pereira.

Segundo o comandante, na Régua a "cota está próxima dos nove metros o que ainda requer atenção".

Para o comandante da Capitania Marítima do Douro, mesmo mantendo-se as descargas em Espanha "não está previsto a água ultrapassar a margem".

Hoje à tarde, a Autoridade Marítima Nacional emitiu um 'aviso vermelho' para as zonas de Peso da Régua, albufeiras do Carrapatelo e Crestuma e Ribeira do Porto/Gaia devido a descargas provenientes de Espanha.