sicnot

Perfil

País

Governo quer mais 20 mil pessoas com competências digitais até 2020

O Governo pretende "capacitar mais 20.000 pessoas" até 2020 em competências digitais, de acordo com o Programa Nacional de Reformas hoje aprovado em Conselho de Ministros.

O executivo de António Costa estima uma despesa de 55 mil euros com esta medida, dos quais 47 mil euros do Portugal 2020.

A medida insere-se dentro da iniciativa "Competências Digitais", que visa responder à carência de recursos humanos capacitados em tecnologias de informação.

O Programa Nacional de Reformas prevê ainda "aprofundar a lógica de Balcão Único de Emprego, integrando espaços físicos e virtuais", com o objetivo de qualificar os portugueses.

O objetivo é concentrar progressivamente, num único espaço, físico ou virtual, todas as interações dos cidadãos desempregados nos processos de procura ativa de emprego, bem como dos empregadores nos processos de seleção e contratação de novos trabalhadores.

De acordo com a calendarização, no primeiro semestre deste ano serão feitos mapas do percurso de utentes, visando a identificação dos aspetos críticos dos contactos e dos canais utilizados.

No segundo semestre, o objetivo é desenhar e operacionalizar as medidas.

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras