sicnot

Perfil

País

PSD não leva a votos Programas de Estabilidade e de Reformas

O PSD não irá levar a votos os projetos de resolução que apresentou sobre o Programa Nacional de Reformas, porque este documento e o Programa de Estabilidade têm o "apoio inequívoco" do PS, PCP, BE e PEV.

MANUEL DE ALMEIDA

"Hoje não há dúvida nenhuma que o Programa de Estabilidade e o Programa Nacional de Reformas que o Governo vai endereçar à Assembleia da República tem o apoio inequívoco do PS, do PCP, do BE e do PEV, que são os partidos que sustentam politicamente o Governo no parlamento", afirmou o líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, em declarações aos jornalistas na Assembleia da República, no final da reunião da bancada social-democrata.

Por isso, sublinhou, "não havendo dúvidas do apoio político do Governo por parte do parlamento" a votação não é determinante, já que socialistas, bloquistas, comunistas e partido ecologista Os Verdes têm a maioria dos deputados.

"Este é o plano do doutor António Costa, da deputada Catarina Martins, do deputado Jerónimo de Sousa e também da deputada Heloísa Apolónia", frisou o líder da bancada do PSD, insistindo que o apoio que o Governo tem no parlamento "não oferece dúvidas".

Luís Montenegro reiterou ainda que o PSD encara o debate com "toda a seriedade e toda a responsabilidade", lembrando que na quarta-feira - dia em que será discutidos em plenário os Programa de Estabilidade e de Reformas - também estarão em discussão os sete projetos de resolução entregues pelos sociais-democratas.

Dos sete diplomas, precisou, constam 222 "medidas concretas" em todas as áreas que foram consideradas eixos prioritários no Programa Nacional de Reformas.

"O nosso contributo é positivo, é construtivo para o Governo", declarou, admitindo, contudo, não ter existido nenhuma conversa com o grupo parlamentar do PS sobre os diplomas apresentados pelos sociais-democratas.

O Programa de Estabilidade e o Programa Nacional de Reformas foram aprovados hoje no Conselho de Ministros e serão debatidos no plenário da Assembleia da República na quarta-feira.

Até agora o CDS-PP foi o único partido a anunciar que pretende levar os projetos de resolução que entregou sobre o Programa Nacional de Reformas a votos.

Lusa

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.