sicnot

Perfil

País

Aeroporto da Madeira em funcionamento sem ocorrências registadas

A situação meteorológica no arquipélago da Madeira está a voltar à normalidade, tendo já descolado dois aviões com destino ao continente, e a Proteção Civil madeirense não registou ocorrências durante a noite de quinta-feira.

De acordo com fonte da Proteção Civil, "tudo esteve normal durante a noite, apenas com serviços pontuais".

Depois de na quinta-feira à tarde todos os movimentos de aterragens e partidas no aeroporto da Madeira terem sido cancelados, à exceção das ligações com a ilha do Porto Santo, devido ao mau tempo, hoje descolaram três aviões com destino ao continente, de acordo com a informação disponibilizada no sítio da internet da Aeroportos e Navegação Aérea (ANA).

Vento, chuva e má visibilidade na Madeira condicionaram o movimento no aeroporto madeirense desde o meio da tarde de quinta-feira.

Também a Capitania do Porto do Funchal cancelou o aviso das condições de má visibilidade, mas apesar da alteração da situação recomenda, mesmo assim, "aos proprietários ou armadores das embarcações tomem as devidas precauções no assegurar das respetivas condições de navegabilidade".

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje, no arquipélago madeirense, céu muito nublado, mas "com boas abertas a partir do início da manhã".

Prevê ainda períodos de chuva, até ao início da manhã, que será mais intensa nas vertentes sul e zonas montanhosas, passando a regime de aguaceiros fracos e pouco frequentes.

Regista ainda uma pequena subida da temperatura, em especial da máxima.

Lusa

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.