sicnot

Perfil

País

Bom tempo regressa no fim de semana

O fim de semana prolongado vai ser marcado pelo bom tempo, prevendo-se a partir e domingo céu pouco nublado ou limpo e uma subida da temperatura máxima até seis graus, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

© Rafael Marchante / Reuters (Arquivo)

"Vamos ter um fim de semana já com bom tempo, especialmente a partir de domingo e na segunda-feira. Hoje e sábado, ainda vamos ter muita nebulosidade e podem ocorrer períodos de chuva ou aguaceiros fracos de um modo geral por todo o país", disse à agência Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Maria João Frada, hoje e no sábado está previsto vento fraco, neblinas ou nevoeiros em alguns locais e aguaceiros em geral fracos, mais prováveis nas regiões do norte e centro para o final do dia.

"No domingo, vamos ter a influência de uma crista anticiclónica e o céu vai tornar-se pouco nublado ou limpo e o vento vai soprar em geral fraco a predominar do quadrante leste. Vamos ter também uma subida dos valores da temperatura máxima, que será mais significativa na segunda-feira", explicou.

Segundo Maria João Frada, na segunda e na terça-feira vão registar-se valores das temperaturas máximas da ordem dos 20 a 25 graus Celsius em todo o território.

"As máximas poderão subir entre domingo e segunda-feira entre três a seis graus Celsius e, em princípio, devem manter-se na terça-feira. As mínimas não vão ter grande variação, podendo apenas haver na segunda-feira uma pequena subida de dois a três graus", disse.

As temperaturas mínimas, indicou a especialista do IPMA, vão variar na segunda-feira entre os 09 e os 13 graus.

"Assim, vamos ter sol a brilhar a partir de domingo. A partir de quarta-feira há incerteza e eventualmente poderá regressar o tempo instável como a nebulosidade e alguma precipitação nas regiões do norte e centro, mas ainda a confirmar", concluiu.

Lusa

  • Polémica "Supernanny" em debate hoje na SIC
    2:25
  • Centeno aponta para a reforma e expansão do euro
    0:32

    Economia

    O ministro das Finanças português participa hoje na primeira reunião enquanto presidente do Eurogrupo. À entrada para o encontro dos ministros das Finanças da moeda única, Mário Centeno apontou a reforma do Euro como um dos principais desafios do mandato que agora inicia. 

  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    O Ministério Público espanhol pediu ao tribunal supremo para voltar a emitir um mandado europeu de detenção contra o ex-presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, que se deslocou à Dinamarca para participar numa conferência. O Supremo rejeitou no entanto o pedido. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".