sicnot

Perfil

País

Comemorações do 25 de abril condicionam trânsito em Lisboa

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP informou hoje, em comunicado, que as comemorações do 25 de abril, segunda-feira, vão provocar várias alterações ao trânsito na capital, nomeadamente no centro histórico.

Para a EMEL, o estacionamento em segunda fila é "frequente" e "responsável  por uma significativa perda de capacidade de escoamento das principais vias urbanas" (Lusa/Arquivo)

Para a EMEL, o estacionamento em segunda fila é "frequente" e "responsável  por uma significativa perda de capacidade de escoamento das principais vias urbanas" (Lusa/Arquivo)

JOSE SENA GOULAO

Segundo a PSP, os condicionamentos ao trânsito começam a partir das 19:00 de domingo com a interdição do estacionamento na Rua de São Bento e Rua Correia Garção por causa da sessão solene comemorativa do 42.º aniversário do 25 de abril na Assembleia da República, que terá início na segunda-feira de manhã.

A 39.ª Corrida e Caminhada da Liberdade também vão provocar alterações ao trânsito durante a parte da manhã domingo, nomeadamente junto ao quartel da Pontinha, no Largo do Carmo, no Marquês de Pombal, na Avenida Fontes Pereira de Melo e na Praça dos Restauradores.

Na segunda-feira a partir das 14:00, devido à concentração e desfile, está prevista a interdição da circulação rodoviária na Praça do Marquês de Pombal, Avenida da Liberdade, Praça dos Restauradores e Praça D. Pedro IV.

"Durante a concentração e desfile, os acessos à Praça do Marquês de Pombal sofrerão condicionamentos a partir das Amoreiras (túnel das Amoreiras), Praça D. Pedro IV e Praça Duque de Saldanha", refere, no comunicado, a PSP.

A PSP recomenda às pessoas para adotarem "medidas consideradas por si adequadas, a fim de minimizar inconvenientes causados pelos necessários e inerentes condicionamentos à circulação".

Lusa

  • Obama acredita que Guterres será um bom líder da ONU
    0:53

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar de perto com os Estados Unidos na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido esta sexta-feira por Barack Obama, na Casa Branca, onde foi elogiado pelo ainda Presidente.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.