sicnot

Perfil

País

Detido jovem suspeito de pornografia de menores

A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal anunciou hoje a detenção de um jovem, de 17 anos, residente em Almada, suspeito dos crimes de abuso sexual de crianças e pornografia de menores, agravado.

O jovem terá convencido quatro crianças a enviarem-lhe fotos e vídeos de cariz sexual, que usou para as chantagear, ameaçando-as com a sua publicação na Internet.

O jovem terá convencido quatro crianças a enviarem-lhe fotos e vídeos de cariz sexual, que usou para as chantagear, ameaçando-as com a sua publicação na Internet.

Reuters

Segundo um comunicado da PJ, o arguido, já com antecedentes por idênticas práticas, criou e usou, em 2015, um falso perfil feminino numa rede social, em que terá tido mais de mil amigos, quase todos menores.

A PJ adianta, ainda, que o jovem terá convencido quatro crianças de idades compreendidas entre os 11 e os 12 anos, que tinha como amigos no perfil falso, a enviarem-lhe fotos e vídeos de cariz sexual, que usou para as chantagear, ameaçando-as com a sua publicação na internet.

O arguido terá ainda feito várias tentativas, sem êxito, para se encontrar pessoalmente com as vítimas.

O jovem detido pela PJ de Setúbal deverá ser hoje presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação de eventuais medidas de coação.

Lusa

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.