sicnot

Perfil

País

Governo define como meta zero perdas de vidas em incêndios neste verão

O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, definiu hoje como meta zero perdas de vida no combate a incêndios florestais, reiterando, em Trás-os-Montes, que não quer que os bombeiros corram risco e haja feridos.

(Arquivo)

(Arquivo)

LU\303\215S FORRA

"É importante chegarmos ao fim do ano e termos de perdas de vida zero", vincou, em Vila Flor, a localidade escolhida para a apresentação do plano operacional para o distrito de Bragança, que terá em 2016 um dispositivo idêntico ao do ano anterior.

O governante salientou "o enfoque especial" para esta época de fogos, em que "o grande desígnio é a segurança dos operacionais", que serão mais de dez mil espalhados por todo o país na época crítica, apoiados por dois mil veículos e 47 meios aéreos.

Segundo Jorge Gomes, 7.500 elementos receberam formação em 305 ações realizadas a nível nacional com esse fim.

"Nós não queremos feridos a combaterem os incêndios, não queremos que corram riscos desnecessários", afirmou.

O Plano Operacional Distrital de Bragança para 2016 contempla um total de 111 equipas com 477 recursos humanos e três helicópteros estacionados na Serra da Nogueira (Bragança), na Serra de Bornes (Alfândega da Fé) e, a sul, na Meda, distrito da Guarda.

O comandante distrital de operações e socorro, Noel Afonso, indicou que quase todos os concelhos apresentam "condições de suscetibilidade elevada de incêndio".

Mais de metade do extenso território, é ocupado por espaços silvestres, o que, segundo o comandante, associado ao envelhecimento da população, abandono de uma vasta área e acumulação de material lenhoso no solo cria condições para incêndios cada vez mais violentos.

"Igualar", pelo menos, 2015, é o propósito distrital, ano em que o dispositivo não teve qualquer perda humana no teatro de operações.

O secretário de Estado, que é natural desta região, lembrou que "Bragança é um distrito grande, problemático, com uma média anual de 657 ignições nos últimos dez anos e 7.659 hectares, em média, de área ardida".

Um "problema recorrente" é o Parque Natural de Montesinho, que todos os anos é fustigado por fogos, como apontou o governante, que reconheceu "as limitações financeiras e de recurso" do Instituto da Conservação da Natureza e Floresta (ICNF).

O anfitrião da cerimónia de apresentação do plano, o presidente da Câmara de Vila Flor, Fernando Barros, aproveitou a presença do secretário de Estado para pedir melhoria dos meios no concelho, nomeadamente uma nova máquina de rastos e uma "garagem" para os bombeiros locais guardarem as viaturas.

O autarca realçou o papel dos presidentes das juntas de freguesia nesta problemática, tendo o município decidido oferecer coletes de identificação, entregues nesta cerimónia, para se identificarem no teatro de operações, por serem eles que melhor conhecem o terreno.

O governante referiu, ainda, que faz questão de participar na apresentação do dispositivo em todos os distritos para "estar no terreno, com os autarcas, a base da proteção, dizendo que isto é um problema de todos".

Jorge Gomes lembrou que o Ministério da Administração Interna vai lançar já em maio avisos para candidaturas a cinco milhões de euros disponíveis para aquisição de viaturas e sete milhões para requalificação de quartéis.

O mesmo processo vai repetir-se em outubro, o que totalizará a disponibilização de 24 milhões este ano para a melhoria das condições das corporações de bombeiros.

Lusa

  • Portugal vai fechar fronteiras durante a visita do Papa

    País

    O Conselho de Ministros aprovou hoje a reposição temporária do controlo de fronteiras durante a visita do papa Francisco em maio a Fátima. A reposição do controlo de fronteiras decorrerá entre 00:00 de 10 de maio e as 00:00 de 14 de maio.

  • Descoberta nova espécie de tiranossauro

    Mundo

    Uma nova espécie de dinossauros predadores, um tiranossauro com uma forma incomum de evolução, foi descoberta por uma equipa internacional de cientistas, segundo um artigo científico hoje publicado pela revista Nature.

  • Juncker reprova com ironia apoio de Trump

    Brexit

    O Presidente da Comissão Europeia disse hoje com ironia que promoverá a independência do Ohio ou de Austin, no Texas, em relação aos Estados Unidos se o presidente Donald Trump continuar a incitar países europeu a seguirem o Brexit.

  • "Civis devem ser prioridade absoluta no Iraque", diz Guterres

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, chegou hoje ao Iraque para abordar a situação da ajuda humanitária, e pediu que a proteção dos civis seja a "prioridade absoluta" à medida que as forças iraquianas batalham para retomar Mossul.

  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42