sicnot

Perfil

País

Previsão de bom tempo, autoridades recomendam precaução nas praias

A Autoridade Marítima Nacional emitiu esta manhã, devido ao bom tempo, uma recomendação a lembrar que não há ainda nadadores-salvadores a vigiar as praias e, por isso, os banhistas devem "redobrar" cuidados junto à linha de água.

"Devido à possibilidade de ocorrência de condições meteorológicas favoráveis à prática balnear, a Autoridade Marítima aconselha todos aqueles que frequentem as praias nesta altura, a adotarem uma cultura de segurança ativa, redobrando os cuidados junto à linha de água", afirma a autoridade naquele comunicado.

Lembrando a todos os cidadãos que a lei em vigor obriga à permanência de nadadores-salvadores nas praias concessionadas/vigiadas apenas durante a época balnear, a autoridade salienta que, em abril, as praias não se encontram vigiadas nem contêm sinalização relativa ao estado do mar.

Aos banhistas, a Autoridade Marítima aconselha a vigiarem as crianças permanentemente e a uma distância próxima, "não as deixando brincar junto da linha de água".

Em caso de dúvida relativamente ao estado do mar, a autoridade recomenda aos banhistas que "não arrisquem e não vão a banhos", alertando ainda para a importância de respeitar um intervalo de três horas após uma refeição normal, antes de ir a banhos.

A previsão do tempo para este fim de semana prolongado, com o feriado do 25 de Abril, é a de subida da temperatura em cerca de seis graus, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), e com sol, sobretudo a partir de domingo.

Lusa

  • Bom tempo regressa no fim de semana

    País

    O fim de semana prolongado vai ser marcado pelo bom tempo, prevendo-se a partir e domingo céu pouco nublado ou limpo e uma subida da temperatura máxima até seis graus, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • "Foi um golpe muito forte"
    1:41
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • SIC acompanhou Francisco George no último dia como diretor-geral da Saúde
    6:20