sicnot

Perfil

País

GNR deteve 55 pessoas em flagrante delito em 12 horas

A GNR deteve 55 pessoas em flagrante delito entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, a maioria por excesso de álcool no sangue, em várias operações de combate ao crime e fiscalização rodoviária.

(SIC/ Arquivo)

A condução sob efeito de álcool motivou 31 detenções, enquanto três pessoas foram detidas por conduzirem sem carta, oito por tráfico de droga, duas por furto, uma por violência doméstica e outra por exploração de jogo ilícito.

No âmbito desta intervenção foram apreendidas 375 doses de haxixe, 70 doses de liamba, um veículo, uma arma branca e duas máquinas de jogo ilegal.

Durante a fiscalização rodoviária foram detetadas 301 infrações, 148 das quais por excesso de velocidade, 82 por condução com uma taxa de álcool superior à permitida por lei e 26 por falta de inspeção periódica.

Os agentes encontraram ainda 19 condutores sem cinto de segurança ou cadeiras de transporte de crianças, 15 a usar o telemóvel e 11 sem seguro.

Neste período, registaram-se dois acidentes que provocaram uma morte e um ferido grave.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.