sicnot

Perfil

País

Sessão solene no parlamento e desfile popular nos 42 anos da revolução

Os 42 anos da revolução dos cravos vão ser celebrados na próxima segunda-feira, dia 25, com a habitual sessão solene no parlamento, que volta a contar com a Associação 25 de Abril, e com o desfile popular.

Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Na sessão solene no parlamento, de manhã, e depois de o Orfeon Académico de Coimbra interpretar o Hino Nacional e a canção "Vejam Bem", de José Afonso, o deputado do PAN André Silva faz o primeiro discurso do dia, no plenário.

Seguem-se os representantes do PEV, José Luís Ferreira, do PCP, Rita Rato, do Bloco de Esquerda, Jorge Costa, do PS, Carlos César, e por fim do PSD, Paula Teixeira da Cruz, presidente da Assembleia da República e Presidente da República.

Depois de encerrada a sessão solene, Ferro Rodrigues e Marcelo Rebelo de Sousa assistirão na Escadaria Nobre à interpretação da canção "Grândola, Vila Morena" pelo Orfeon Académico de Coimbra e visitarão a exposição "A prova do tempo: 40 anos de Constituição".

Ao fim de quatro anos de ausência, como sinal de descontentamento face às políticas do anterior Executivo PSD/CDS-PP, o capitão de Abril e presidente da Associação 25 de Abril Vasco Lourenço volta a marcar presença na sessão solene comemorativa, respondendo a um convite feito pessoalmente por Ferro Rodrigues, a 22 de fevereiro passado.

As comemorações populares decorrem à tarde em Lisboa, como é habitual, com um desfile organizado pela Associação 25 Abril, centrais sindicais CGTP e UGT, entre outras entidades, a começar no Marquês de Pombal em direção ao Rossio.

Com uma agenda cheia para o dia 25 de Abril, Marcelo Rebelo de Sousa inaugura, à meia-noite, o Museu da Notícia, em Sintra, e vai estar em Santarém, às 15:00, para prestar homenagem a Salgueiro Maia.

A homenagem será prestada junto à estátua evocativa do capitão de Abril que comandou a coluna militar que saiu da Escola Prática de Cavalaria de Santarém para Lisboa, ocupando o Terreiro do Paço e fazendo frente às forças do regime.

No Dia da Liberdade, Marcelo Rebelo de Sousa vai ainda agraciar o neurocirurgião João Lobo Antunes e o ex-ministro e fundador do Serviço Nacional de Saúde António Arnaut com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, e preside à sessão onde será entregue ao socialista Manuel Alegre o Prémio Vida Literário da Associação Portuguesa de Escritores.

Durante a tarde do feriado, quer a Assembleia da República, quer a Residência Oficial do primeiro-ministro, em S. Bento, abrem as portas à população, com iniciativas de carater cultural e outras dedicadas aos mais jovens.

Eduardo Ferro Rodrigues recebe, às 15:00, os visitantes do Palácio de São Bento, que acolhe até às 18:00 ateliers lúdico-pedagógicos destinados aos mais novos, que poderão aprender a fazer cartazes e crachás.

Um espetáculo dirigido também aos jovens e famílias, a atuação do Orfeon Académico de Coimbra e da Orquestra Big Band Junior completam o programa da Assembleia da República para comemorar o 25 de Abril de 1974.

O Palácio de S. Bento tem ainda patentes ao público as exposições "A Prova do Tempo: Os 40 anos da Constituição da República e "O Mosteiro de São Bento da Saúde: de Casa Religiosa a sede do Parlamento" e será exibido, em sessões contínuas, o filme "Memórias da Constituinte e das 1ªas eleições legislativas", realizadas em 1976.

A residência oficial do primeiro-ministro estará aberta ao público entre as 14:30 e as 19:00, período em que ali haverá também um programa cultural, com a atuação do ensemble de cordas da Orquestra Jovem Municipal Geração de Lisboa, seguindo-se os ensemble de sopros e percussão desta mesma orquestra.

Numa das salas da residência oficial do primeiro-ministro será passado um documentário da Associação 25 de Abril alusivo à revolução e poderão também ser escutadas algumas das vozes da rádio do dia 25 de Abril de 1974.

Durante a tarde, nos jardins da residência oficial de São Bento, haverá ainda arte urbana com os grupos "Lata 65" e "G.A.U".

A última vez que a residência oficial do primeiro-ministro esteve aberta ao público no feriado de 25 de Abril aconteceu em 2012, no primeiro ano do executivo PSD/CDS-PP liderado por Pedro Passos Coelho.

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.