sicnot

Perfil

País

António Costa elogia discurso do Presidente da República

António Costa elogia discurso do Presidente da República

O primeiro-ministro elogiou o discurso do Presidente da Republica. António Costa, considerou-o justo e motivador e desvalorizou as críticas do PSD no dia em que abriu as portas de são bento ao público.

  • PSD atribui à maioria de esquerda título de "salazarismo bafiento"
    2:38

    País

    Os partidos também discursaram no parlamento.O PSD foi o que mais aqueceu as cerimónias do 25 de Abril,depois da esquerda ter defendido que a mudança de Governo representa uma vitória da Constituição, a ex-ministra social-democrata, Paula Teixeira da Cruz, criticou aquilo a que chamou de "salazarismo bafiento" da nova maioria.

  • Marcelo pede aos partidos que troquem "as emoções pelo bom senso"
    3:42

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa apelou hoje à pacificação do país. O Presidente da República disse que a estabilidade política é essencial para a estabilidade económica e pediu aos dirigentes partidários que troquem "as emoções pelo bom senso".Naquela que foi a primeira a que presidiu às cerimónias oficiais do 25 de abril,o Presidente voltou a criar dificuldades ao protocolo.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.