sicnot

Perfil

País

Mário Soares recebeu chave da cidade de Lisboa

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, entregou hoje ao antigo Presidente da República Mário Soares a chave da cidade de Lisboa, a mais alta distinção atribuída pelo município a personalidades com relevância nacional e internacional.

JORGE FERREIRA

A cerimónia decorreu na Fundação Mário Soares, em Lisboa, tendo estado também presente o vice-presidente da Câmara, Duarte Cordeiro.

De acordo com fonte do município, a decisão de entregar a chave da cidade de Lisboa ao antigo Presidente da República, primeiro-ministro e primeiro líder do PS foi tomada em reunião da Câmara Municipal.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa salientou o simbolismo inerente ao facto de este ato ter ocorrido no dia em que se assinalam os 42 anos da revolução de 25 de abril de 1974.

"Foi com muita emoção que fiz a entrega da chave da cidade a Mário Soares. Entre os construtores da democracia portuguesa, Mário Soares ocupa um lugar muito especial", disse o presidente da Câmara de Lisboa.

Fernando Medina realçou, ainda, o caráter de "referência" que o antigo Presidente da República representa para as gerações mais jovens.

"A minha geração deve muito a Mário Soares. Por isso, atribuímos-lhe a mais alta distinção da cidade de Lisboa, num dia muito especial, o 25 de Abril", acrescentou.

Lusa

  • "Este é o elefante na sala sobre a saúde!"
    1:43

    País

    Catarina Martins acusa o Governo de estar alinhado com a direita na promoção de negócios privados na área da saúde. O Bloco de Esquerda quer uma nova lei de bases aprovada até ao final da legislatura e arrancou ontem com um ciclo nacional de sessões públicas para defender o Serviço Nacional de Saúde.

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05