sicnot

Perfil

País

Petição a favor da eutanásia entregue amanhã no Parlamento

Mais de oito mil e 300 pessoas assinaram a petição pública a favor da eutanásia, que será entregue amanhã no Parlamento.

© Philippe Wojazer / Reuters

O documento foi apresentado em fevereiro pelo movimento cívico Direito a Morrer com Dignidade e logo nos primeiros dois dias ultrapassou as 4 mil assinaturas que obrigam o documento a ser discutido em plenário na Assembleia da República.

Entre os responsáveis pelo manifesto estão o médico e antigo coordenador do Bloco de Esquerda João Semedo e o cineasta António Pedro Vasconcelos.

A petição indica que a morte assistida consiste em antecipar ou abreviar a morte de doentes em grande sofrimento e sem esperança de cura, desde que seja em resposta a um pedido do próprio, feito de forma informada, consciente e reiterada.