sicnot

Perfil

País

Fenprof e Governo iniciam revisão ao modelo de colocação de professores em setembro

A Federação Nacional de Professores (Fenprof) referiu hoje, após um encontro com o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, que a revisão global do atual modelo de concursos para a colocação de professores vai ter início em setembro.

Lusa

"A revisão global do atual modelo dos concursos para colocação dos professores vai ter início em setembro, logo que esteja estabilizado o processo de arranque do ano letivo"", refere a Fenprof, num comunicado, divulgado após um encontro com o responsável pela pasta da Educação.

No encontro, foram debatidos outros problemas que afetam o setor, incluindo a contratação de professores, o calendário letivo da educação pré-escolar, resolução de problemas de carreira e condições nas escolas para alunos com necessidade especiais de educação.

A reunião de hoje serviu também, segundo a Fenprof, para "estabelecer as normas de relacionamento institucional entre as ambas as partes".

Nesse sentido, ficou estabelecido que a Fenprof e o Ministério da Educação vão passar a realizar encontros trimestrais "para avaliação das políticas em curso e debate sobre medidas a tomar".

A Fenprof refere que os encontros trimestrais têm início a 03 de maio com uma reunião em que serão discutidas as normas sobre organização do ano letivo 2016/2017 e a mobilidade por doença.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19