sicnot

Perfil

País

Ministro admite revisão da reforma das freguesias após 2017

O ministro Adjunto, Eduardo Cabrita, admitiu hoje no parlamento que o processo de revisão da reorganização administrativa das freguesias pode não ficar concluído até às próximas eleições autárquicas, que se realizam em 2017.

JO\303\203O RELVAS

"Nesta matéria de adequações territoriais deve haver um princípio geral de estabilidade, e o ideal seria até que não se verificasse qualquer alteração durante este mandato autárquico", afirmou o governante, defendendo que se possa "avaliar como é que estão a decorrer esses processos de agregação de freguesias".

O ministro, que falava na comissão parlamentar de ambiente, ordenamento do território, descentralização, poder local e habitação, salientou que o programa do Governo assume uma "avaliação da reorganização territorial das freguesias", mas apenas para "correção de erros manifestos".

"Iremos acentuar esse princípio de avaliação com a Associação Nacional de Municípios Portugueses e com a Associação Nacional de Freguesias", assegurou o ministro que tutela as autarquias, acrescentando que serão discutidos com o parlamento "critérios gerais de reorganização".

O deputado Álvaro Castelo Branco, do CDS-PP, recordou que a reorganização das freguesias era "uma prioridade para o Governo" e que o secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, também prometeu que a reforma estaria pronta a tempo das próximas autárquicas de 2017.

Apesar de concordar com "o princípio da estabilidade", o deputado centrista rematou que, perante a alteração, "o Governo nesta matéria está sem rumo, está à deriva".

"Há de facto a necessidade de respeitar aquelas que foram as posições tomadas pelas populações, pelos respetivos órgãos autárquicos e que se manifestaram contra este processo de extinção" de freguesias, salientou a deputada Paula Santos, do PCP.

A deputada classificou a reforma das freguesias, realizada no primeiro Governo PSD/CDS-PP, como "um desrespeito total" por milhares de autarquias locais e notou que "o PCP já anunciou que vai apresentar uma iniciativa legislativa para a reposição das freguesias".

Para o deputado Jorge Costa, do Bloco de Esquerda, a redução de freguesias representa "uma das heranças mais nocivas que foi deixada por um Governo anterior", com consequências na vida de muitos portugueses, "que se viram afastados de serviços de proximidade essenciais que eram prestados pelas suas freguesias".

O deputado Jorge Paulo Oliveira, do PSD, lamentou que o ministro não tenha respondido, com clareza, ao momento em que "o Governo apresentará os critérios objetivos para a revisão da reorganização das freguesias".

O ministro Adjunto salientou que se trata de uma matéria "de reserva legislativa da Assembleia da República" e recordou a experiência do atual primeiro-ministro na reorganização das freguesias de Lisboa.

O governante, que colheu apoio nas intervenções dos deputados socialistas na comissão, rematou que a avaliação vai ser feita com a Associação Nacional de Municípios Portugueses e com a Associação Nacional de Freguesias, com vista apenas a "corrigir erros manifestos" da anterior reforma.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC