sicnot

Perfil

País

Dono do restaurante do Cais do Sodré onde ocorreram desacatos quer trazer a família para Portugal

Dono do restaurante do Cais do Sodré onde ocorreram desacatos quer trazer a família para Portugal

A PSP marcou presença, ontem à noite, à porta do restaurante de Kebab, no Cais do Sodré, em Lisboa. Vários agentes estiveram na mesma rua onde ocorreram desacatos na manhã de segunda-feira. A PJ continua a tentar identificar o portador da arma disparada. O Palácio do Kebab está aberto há cerca de 2 meses e assim deverá continuar até porque o dono é um cidadão estrangeiro, de origem curda, que espera um dia poder trazer, para Portugal, a mulher e os dois filhos.

  • O que aconteceu no Cais do Sodré segundo o dono do restaurante
    2:08

    País

    Um caso de violência foi registado nas ruas do Cais do Sodré, em Lisboa, ao início da manhã de ontem. O jornalista da SIC Paulo Varanda falou com um dos envolvidos, o dono de um restaurante, que contou a sua versão do que aconteceu, apesar de não querer falar para a câmara.

  • Dono de restaurante atacado por recusar servir comida no Cais do Sodré
    1:49

    País

    Um grupo de jovens atacou o dono de um restaurante no Cais do Sodré, em Lisboa, que recusou a servir-lhes comida às 7:30 a manhã, ontem. Entre várias agressões foi também disparado um tiro. Sete pessoas foram hospitalizadas. A luta foi filmada por telemóvel e as imagens podem ferir a sensibilidade de alguns espetadores.

  • Novo vídeo das agressões no Cais do Sodré
    0:48

    País

    A SIC recebeu novas imagens das cenas de violência de ontem, no Cais do Sodré, em Lisboa. O vídeo, gravado com um telemóvel, mostra primeiro os momentos que antecederam a luta entre o dono do restaurante e um grupo de jovens.

  • PSP reafirma que noite lisboeta é segura
    0:31

    País

    A PSP reafirmou que a noite lisboeta é segura e que apesar das imagens no Cais do Sodré, esta foi uma situação isolada. Durante esta tarde, na Sic Notícias, o Comissário Nelson Ribeiro comentou a violência da noite passada na capital.

  • PSP vigia restaurante no Cais do Sodré onde se registaram desacatos
    0:28

    País

    Foi reforçada a segurança junto ao restaurante onde, na manhã de segunda-feira, um grupo de jovens se envolveu em violentos desacatos com o dono do estabelecimento. Ao início da madrugada, era visível a presença de dois elementos da PSP em frente ao Palácio do Kebab, na rua Dom Luis I, no Cais do Sodré em Lisboa. O restaurante esteve aberto ontem, um dia depois dos desacatos.

  • Segurança reforçada à porta de restaurante no Cais do Sodré
    1:22

    País

    A segurança foi reforçada à porta do restaurante do Cais do Sodré, em Lisboa, palco dos mais recentes episódios de violência. O dono foi agredido por ter recusado servir um grupo que acabava de sair de uma discoteca. As sete pessoas envolvidas nos desacatos foram identificadas, mas não houve qualquer detenção.

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.