sicnot

Perfil

País

Rejeição aos programas de estabilidade e reformas é votada sexta-feira

Rejeição aos programas de estabilidade e reformas é votada sexta-feira

O CDS vai obrigar o Bloco de Esquerda, o PCP e Os Verdes a votarem a rejeição dos programas de estabilidade e de reformas do Governo. Esta tarde, no parlamento, os centristas anunciaram uma alteração ao texto do projeto que já tinham apresentado e dessa forma, jogam a última cartada política. A votação realiza-se na sexta-feira. O PSD votará a favor da rejeição dos documentos do Governo, o PS votará contra e, por isso, o projeto do CDS não deve passar.

  • "Previsões económicas presentes no plano são irrealistas"
    26:50

    Luís Marques Mendes

    Luís Marques Mendes comenta a atualidade nacional. O comentador diz que o Programa de Estabilidade é ambicioso do ponto de vista económico e, admite que António Costa tem a habilidade de dizer uma coisa e fazer o contrário, isto em relação ao Plano B. Sobre a visita presidencial ao Alentejo, Marques Mendes diz que Marcelo Rebelo de Sousa assumiu uma Presidência muito parecida com o primeiro mandato de Mário Soares. O comentador ainda fala sobre uma possível retaliação ou acordo no caso BPI, as novas caras da Caixa Geral de Depósitos e do BPI, as mudanças no Banco de Portugal e ainda sobre Vítor Constâncio não depor na Comissão de Inquérito ao Banif. Sobre a mudança de nome do Cartão de Cidadão, Marques Mendes diz "Numa altura em que estamos com tantos problemas, esta questão parece um pouco patética".

  • "O PCP não apoia esse Programa de Estabilidade", diz Jerónimo
    2:10

    País

    O Presidente da República está hoje a receber os partidos da esquerda, na véspera do debate do Programa de Estabilidade no Parlamento. A última audiência da manhã foi com o PCP. No final do encontro, Jerónimo de Sousa defendeu que o Governo tem de resolver a crescente contradição entre as possibilidades de crescimento e os constrangimentos europeus.

  • BE diz que Programa de Estabilidade não deve ir a votos
    0:48

    País

    Catarina Martins diz que o Programa de Estabilidade não dever ir a votos no parlamento, como defende o CDS. A porta-voz do Bloco de Esquerda acusa os centristas de estarem a fazer um "malabarismo político". Estas declarações foram feitas esta tarde no final de uma audiência com o Presidente da República.

  • PSD diz que Programa de Estabilidade é uma utopia e não passa de uma obra de ficção
    1:13

    Economia

    O ministro das Finanças reafirma que o Programa de Estabilidade é um documento rigoroso e exigente. Na véspera da discussão no parlamento, Mário Centeno assegura aos deputados que o documento que traça a estratégia para os próximos quatro anos vai permitir cumprir os objetivos orçamentais a que o Governo se propôs. Mas o deputado do PSD, Duarte Pacheco, diz que o programa de estabilidade é uma utopia e não passa de uma obra de ficção.

  • Programa de Estabilidade em análise
    11:35

    Opinião

    David Dinis, diretor da TSF, esteve em estúdio para comentar as últimas notícias sobre o Programa de Estabilidade apresentado pelo governo de António Costa e ainda a audição ao ministro das Finanças, Mário Centeno, hoje no Parlamento.

  • Pedro Santana Lopes e António Vitorino na Edição da Noite
    23:48

    Opinião

    Pedro Santana Lopes e António Vitorino estiveram no habitual espaço de comentário para falar sobre o discurso do Presidente da República, a propósito das comemorações do 25 de Abril, do Programa de Estabilidade apresentado pelo governo socialista e ainda as legislativas em Espanha.

  • CDS acusa Bloco e PCP de cobardia política
    1:34

    País

    Assunção Cristas acusa o Bloco de Esquerda e o PCP de cobardia política e de falta de solidariedade com o Governo. A líder do CDS diz que o Governo não leva o Programa de Estabilidade a votos por falta de apoio à esquerda.

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52