sicnot

Perfil

País

Mais de metade dos bebés nascidos "fora do casamento" em 2015

Mais de metade dos bebés nascidos em Portugal no ano passado eram de pais que não estavam casados, segundo dados do INE, o que marcam uma mudança já que até 2015 a maioria dos nascimentos ocorreu dentro do casamento. O número de nascimentos ultrapassou o valor de 2014.

© Reuters Photographer / Reuters

As Estatísticas Vitais do Instituto Nacional de Estatística (INE), hoje divulgadas, referem que, em 2015, a proporção de nascimentos "fora do casamento" aumentou para 50,7% (49,3% em 2014 e 41,3% em 2010).

Segundo o INE, este aumento tem sido "particularmente influenciado pelo aumento da proporção de nascimentos fora do casamento sem coabitação dos pais".

Os dados apontam que dos 50,7% dos nascimentos ocorridos fora do casamento (de pais não casados), em 16,3% dos casos os pais não viviam juntos (15,8% em 2014 e 9,2% em 2010).

Nasceram mais bebés em 2015

Em 2015, nasceram com vida (nados-vivos) 85 500 crianças de mães residentes em Portugal, valor que traduz um aumento de 3,8% (3 133 crianças), relativamente ao ano anterior, revela o INE.

Lusa

  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49