sicnot

Perfil

País

PGR desmente ter recebido pedidos relacionados com André Gustavo

A Procuradoria Geral da República desmente ter recebido pedidos relacionados com André Gustavo. No âmbito da designada Operação Lava Jato, a justiça brasileira estará a investigar responsável pelas campanhas eleitorais de Pedro Passos Coelho.

O nome de André Gustavo Vieira da Silva aparece na mega-investigação ao esquema de corrupção que ficou conhecido no Brasil por Lava-Jato.

O publicitário brasileiro é sócio da Arcos Propaganda, uma empresa de comunicação que alegadamente terá realizado contratos com um banco estatal brasileiro suspeito de ter financiado irregularmente políticos e grupos privados ligados ao PT.

Em Portugal, o PSD foi o único cliente conhecido de André Gustavo. O brasileiro coordenou as campanhas eleitorais de Pedro Passos Coelho em 2011 e 2015.

A ligação ao PSD é de resto antiga. Tem 20 anos e começou no Nrasil quando Gustavo travou conhecimento com o antigo líder do partido, Luís Filipe Menezes.

Há notícias que alegam que a justiça brasileira terá pedido a colaboração do Ministério Público
para investigar o trabalho com o PSD em Portugal, mas, ao início da tarde, a Procuradoria-Geral da República desmentiu ter recebido qualquer pedido relacionado com André Gustavo.

Contactado pela SIC, o próprio André Gustavo disse não ter recebido qualquer pedido de informação nem por parte do Brasil, nem por parte das autoridades portuguesas, nem por parte do PSD. E sublinhou que não foi notificado pela justiça para prestar esclarecimentos.

O PSD diz também que não recebeu das autoridades qualquer pedido de informação sobre os serviços prestados pelo brasileiro.

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.