sicnot

Perfil

País

Buscas nos Estaleiros de Viana e no Ministério da Defesa

Em atualização

A Policia Judiciária está a realizar buscas nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, Ministério da Defesa, em Lisboa e na empresa Mistic Cruises, uma empresa de Mario Ferreira, o dono da Douro Azul.

Em causa estão factos relacionados com a subconcessão dos Estaleiros de Viana e a venda do navio Atlântida à Mistic Cruises, uma embarcação comprada ao Estado por 8 milhões de euros e vendida, oito meses depois, por 17 milhões à Noruega.

Mário Ferreira confirmou à SIC as buscas esta manhã à sua empresa. Adiantou que os inspetores levaram documentação relativa ao negócio do navio.

Há suspeitas de gestão danosa, corrupção e participação ecnonómica em negócio, na anterior administração dos estaleiros.

A operação é da Unidade Nacional e Combate á corrupção da Pj e é dirigida pelo Departamento Central de Investigação e Ação penal do Ministério Público. Na operação participaram quatro juízes, cinco procuradores e 30 inspetores da Judiciária.

Última atualização às 14:01

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.