sicnot

Perfil

País

Costa defende que maioria que suporta o Governo está "sólida e de boa saúde"

O primeiro-ministro acusou hoje a oposição de estar sistematicamente a usar a "tática de inventar" intenções do Governo e defendeu que a maioria parlamentar que suporta o seu executivo "está sólida e de boa saúde".

© Rafael Marchante / Reuters

António Costa falava em conferência de imprensa conjunta com o presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, depois de questionado sobre medidas de consolidação orçamental a tomar pelo Governo no próximo ano, tais como as perspetivas de um aumento dos impostos indiretos e um corte nos apoios sociais.

Esse conjunto de perspetivas, de acordo com o primeiro-ministro, "faz parte de uma tática que a oposição tem permanentemente: Não tendo nada para criticar sobre o que o Governo faz, inventa intenções sobre o que o Governo irá fazer".

"Já explicámos que não há plano B, nem C, nem D [de consolidação orçamental], nem E. O que tem acontecido, simplesmente, é que este Governo tem sido capaz de executar passo a passo aquilo que se propõe. A maioria está sólida e de boa saúde", sustentou.

António Costa referiu-se depois a uma série de questões (na sua opinião, sem fundamento) que têm sido levantadas praticamente desde as últimas eleições legislativas até hoje.

"Havia dúvidas se era possível formar-se uma maioria, mas formou-se uma maioria, havia dúvidas se era possível aprovar o orçamento em 2016, foi aprovado o Orçamento, havia dúvidas sobre pânico nos mercados, mas não houve pânico nos mercados, havia dúvidas se a Comissão Europeia chumbaria o Orçamento, mas não chumbou o Orçamento, dizia-se que era agora que a maioria se dissolvia com a não aprovação do Programa de Estabilidade, mas temos agora Programa de Estabilidade", disse.

Costa continuou a enumerar os outros episódios que marcaram os últimos meses do seu executivo, contrapondo que a maioria que suporta o seu Governo "está sólida e de boa saúde".

"Por tanto, como se vê, nenhuma dessas notícias é notícia", acrescentou.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.