sicnot

Perfil

País

HUC acusados de demorar 21 dias a autorizar medicamento vital para doente oncológico

Os Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC) são acusados de demorar demasiado tempo a autorizar um medicamento vital a um doente com cancro da pele. Vinte e um dias foi quanto a administração demorou a dar luz verde à prescrição para um medicamento que tem custo zero para o hospital.

Depois de obter a autorização da administração do HUC, o fármaco precisa agora da luz verde do Infarmed.

Depois de obter a autorização da administração do HUC, o fármaco precisa agora da luz verde do Infarmed.

SIC

O fármaco faz parte de um programa de acesso precoce, ou seja, não está no mercado e exige autorização especial.

Depois de obter a autorização da administração do hospital e da comissão de farmácia e terapêutica, este fármaco já está em Coimbra mas agora precisa da luz verde do Infarmed, pelo que a família teme que o medicamento não chegue a tempo de salvar a vida do homem de 52 anos.

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.