sicnot

Perfil

País

Homem que matou a sogra em Faro condenado a 16 anos de prisão

Um homem que matou a sogra e feriu a mulher e o cunhado com disparos de caçadeira, em março do ano passado, em Faro, foi hoje condenado em tribunal a uma pena única de 16 anos de prisão.

(Arquivo)

(Arquivo)

Na noite de 10 de março de 2015, Miguel Serrano dirigiu-se a casa da sogra, na Rua Serpa Pinto, no centro da cidade, e fez vários disparos de caçadeira contra a porta do apartamento onde viviam as vítimas, atingindo mortalmente a sogra, Maria Cândida Rodrigues, de 62 anos.

Na leitura do acórdão, o juiz disse ter ficado provado que o homem, que não queria aceitar o divórcio, "quis de forma voluntária e consciente" atingir as pessoas que estivessem atrás da porta "em zonas suscetíveis de provocar a morte das mesmas, o que previu e quis".

Mesmo sabendo que as vítimas estavam atrás da porta, Miguel Serrano, caçador desde os 16 anos, efetuou vários disparos a pouca distância da porta e em sentido descendente, acima da zona de fechadura, o que afastou a tese do arguido de que estaria a disparar para a fechadura para tentar abrir a porta.

Segundo o Tribunal de Faro, quando se dirigiu a casa da sogra munido de uma arma, o arguido tinha como propósito matar a ainda mulher e não a sogra, ou o cunhado, afastando, por isso, a premeditação da morte da sogra.

O cúmulo jurídico de 16 anos de prisão é resultante da condenação pelos crimes de homicídio simples agravado (13 anos), homicídio qualificado na forma tentada (8 anos) e homicídio simples na forma tentada (4 anos).

O arguido foi ainda condenado ao pagamento de uma indemnização de 60.400 euros à filha da vítima, Cristina Rodrigues.

Em declarações aos jornalistas à saída do tribunal, o segundo filho da vítima, Marco Rodrigues, mostrou-se insatisfeito com a pena atribuída.

A sua irmã, que não compareceu na audiência, assim como as sobrinhas, que também estavam em casa no dia do crime, continuam a ter acompanhamento clínico, referiu.

Lusa

  • Entregou-se às autoridades homem que matou sogra
    2:33

    País

    Entregou-se á PSP em Castelo Branco, o homem que ontem matou a tiro a sogra e feriu a ex-companheira, em Faro. O casal deveria assinar os papeis do divórcio na próxima semana. Duas crianças de 9 anos assistiram a tudo.

  • Homem mata sogra e fere a mulher com gravidade
    2:43

    País

    Um homem matou a sogra e feriu com gravidade a mulher, de quem se estava a divorciar. O homicida, de cerca de 30 anos, continua em fuga. O caso aconteceu em Faro e foi acompanhado durante a noite pela repórter da SIC, Conceição Ribeiro.

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC