sicnot

Perfil

País

Taxistas desmobilizam após algumas garantias do Governo

Centenas de taxistas começaram a desmobilizar pelas 20:00 da Assembleia da República, aonde se mantiveram em protesto contra a Uber durante toda a tarde, após uma reunião com o secretário de Estado do Ambiente em que foram dadas "algumas garantias".

© Rafael Marchante / Reuters

A decisão foi anunciada ao início da noite pelo presidente da Federação Portuguesa do Táxi (FPT), Carlos Ramos, às dezenas de taxistas que ainda se mantinham em frente ao parlamento, depois de este responsável e o presidente da Associação Nacional de Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL), Florêncio Almeida, terem recebido algumas garantias da parte do secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes.

A exclusão da empresa de serviço de transporte privado Uber do grupo de trabalho criado pelo Governo para analisar os transportes urbanos e o facto de as conclusões que este grupo de trabalho apresentar terem de ser aplicadas a todos os operadores que pretendam trabalhar no setor, à semelhança dos taxistas, são garantias que as duas associações consideram positivas.

Lusa

  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.