sicnot

Perfil

País

Encontrado corpo de jovem desaparecido no rio Minho

O corpo do jovem que desapareceu domingo no rio Minho junto à ponte internacional entre Monção, Alto Minho, e Salvaterra do Minho, Galiza, foi encontrado hoje, depois de terem sido retomadas as buscas, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

Arquivo

Arquivo

Segundo adiantou à Lusa o capitão do Porto e comandante da Polícia Marítima (PM) de Caminha, Gonzalez dos Paços, o alerta para o desaparecimento do jovem, de 19 anos, natural de Monção que terá caído no lado galego, em Salvaterra do Minho a cerca de um quilómetro da ponte internacional, foi dado domingo pelas 19:35, tendo decorrido buscas até perto das 21:00.

As operações, no domingo, contaram com a participação dos bombeiros de Porriño, Ponteareas e Monção, Guardia Civil, GNR e Armada espanhola, um dispositivo coordenado pelo Comandante Naval do Rio Minho.

O comandante da Polícia Marítima de Caminha disse ainda que o corpo foi encontrado hoje, cerca das 06:00 "junto ao local onde foram encontrados documentos e uma mochila com bens do jovem".

De acordo com aquele responsável "estão em curso as investigações para apurar as causas da morte, mas está afastada a possibilidade de se tratar do primeiro acidente da época balnear deste ano".

Hoje, as buscas entre Monção e Salvaterra do Minho, Espanha, mobilizaram meios da polícia marítima portuguesa e espanhola, mergulhadores de Monção e sete bombeiros voluntários de Monção, "tendo sido contactado o Ministério Público para assegurar os devidos procedimentos legais".

Lusa

  • Polícia belga evita ataque em Antuérpia

    Mundo

    Foi hoje detido um homem que tentava conduzir a alta velocidade contra uma multidão numa zona comercial de Antuérpia, na Bélgica. O suspeito já foi identificado, é francês e tinha várias armas no carro.

    Em desenvolvimento

  • Neve corta estradas em Viseu
    2:04
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • As vantagens de comprar online
    8:03