sicnot

Perfil

País

Ministra garante que não há navios parados com bens perecíveis no porto de Lisboa

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, garantiu hoje que os serviços mínimos decretados para o porto de Lisboa "estão a funcionar" e que não há navios parados com bens perecíveis ou animais vivos a bordo.

ANTONIO COTRIM

A governante, que está a ser ouvida na comissão parlamentar de Agricultura e Mar, respondia assim aos deputados da oposição que manifestaram dúvidas sobre a eficácia dos serviços mínimos, afirmando que, segundo as informações que lhe foram transmitidas pela administração do Porto de Lisboa, "os serviços mínimos estão a funcionar".

O Governo fixou serviços mínimos para os portos de Portugal, na sequência de um pré-aviso de greve do Sindicato dos Estivadores, que foi prolongada até ao dia 27 de maio, visando assegurar a "satisfação de necessidades sociais básicas e impreteríveis".

Ana Paula Vitorino vincou que a decisão de impor os serviços mínimos não teve como objetivo "violar qualquer direito à greve", e sim satisfazer necessidades sociais básicas, nomeadamente a nível do abastecimento às regiões autónomas, abastecimento de géneros perecíveis e animais vivos.

Acrescentou que se a greve for estendida haverá extensão dos serviços mínimos e voltou a apelar às partes (operadores portuários e sindicato dos estivadores) para que voltem "à mesa negocial e tentem chegar a acordo nos dois pontos que faltam" para fechar o acordo coletivo de trabalho que tem estado a ser negociado.

A 08 de janeiro chegou a ser assinado um acordo de paz social, depois de a tutela promover "uma plataforma de diálogo" entre as partes envolvidas no conflito, mas fracassou um acordo global e os estivadores entraram novamente em greve.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.