sicnot

Perfil

País

Trânsito condicionado a partir de hoje em Picoas e no Saldanha, Lisboa

A circulação automóvel vai estar condicionada a partir de hoje nas avenidas Fontes Pereira de Melo e da República, em Lisboa, devido às obras do eixo central da cidade, que têm uma duração prevista de nove meses.

CML

As intervenções arrancam na Avenida Fontes Pereira de Melo, onde estarão suprimidas duas (uma em cada sentido) das seis vias durante três meses.

Das quatro vias restantes, duas (também uma em cada sentido) são destinadas a transportes públicos, mas durante este período serão partilhadas com o transporte individual.

Ao mesmo tempo, haverá trabalhos na Avenida da República junto a Entrecampos.

Admitindo que este período seja o mais complicado de toda a obra, a autarquia recomenda os condutores a encontrarem caminhos alternativos (que podem ser consultados no site da Câmara de Lisboa) para se dirigirem ao Saldanha, Marquês de Pombal e Baixa.

Se possível, a Câmara aconselha os munícipes a deixarem o carro e optarem por transportes públicos.

A empreitada, que vai ser dividida por seis frentes de trabalho, seguirá depois para junto ao Mercado 31 de Janeiro e para as ruas interiores deste eixo central (Viriato, Tomás Ribeiro, Andrade Corvo, Martens Ferrão), terminando no Saldanha.

Orçada em 7,5 milhões de euros, a intervenção tem uma duração estimada de nove meses, devendo estar concluída nos primeiros meses de 2017.

Em causa está o alargamento dos passeios, a criação de zonas verdes e de estadia, a repavimentação das faixas de rodagem (feita durante a noite), o reordenamento do estacionamento e a criação de uma ciclovia bidirecional, no âmbito do programa municipal "Uma praça em cada bairro".

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras