sicnot

Perfil

País

Marcelo reúne-se hoje com homólogo Filipe Nyusi

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, prossegue hoje a visita de Estado a Moçambique, num dia dominado por contactos políticos e institucionais e que tem no topo da agenda o encontro com o homólogo Filipe Nyusi.

LUSA

A agenda do segundo de quatro dias da deslocação do chefe de Estado português começa com a cerimónia de deposição de uma coroa de flores no Monumento aos Heróis Moçambicanos, seguindo-se o encontro com o Presidente da República de Moçambique, a primeira ocasião em que Marcelo Rebelo de Sousa e Filipe Nyusi estarão lado a lado durante esta visita de Estado.

Na terça-feira, questionado sobre uma eventual ação de Portugal relacionada com o conflito moçambicano entre Frelimo e Renamo, o Presidente português defendeu que não se deve "pôr o carro à frente dos bois", salientando que "num Estado soberano quem tem a palavra decisiva é o poder político do Estado soberano".

Hoje, depois das declarações conjuntas à comunicação social, os dois chefes de Estado estarão novamente juntos num almoço com cerca de 150 empresários e administradores de empresas moçambicanas e portuguesas com presença em Moçambique, iniciativa que contou com a colaboração da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

No primeiro dia da visita, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que Portugal acredita no futuro de Moçambique e vai manter e aumentar o investimento neste país, apesar das atuais dificuldades económicas e financeiras e da crise político-militar.

"A minha palavra de ordem é: o investimento português em Moçambique é fundamental, é para continuar e é para aumentar", declarou o chefe de Estado.

O chefe de Estado português disse então que a situação de Moçambique "vai ser objeto de compreensão" durante a sua visita a Moçambique e que só hoje teria os contactos políticos e institucionais que lhe permitiriam "compreender efetivamente como está a realidade moçambicana".

À tarde, o chefe de Estado português visita a metalomecânica Mecwide e a empresa Sumol/Compal, nos arredores da capital moçambicana.

Depois, janta com o Presidente da República de Moçambique no Palácio da Ponta Vermelha - onde o seu pai, Baltazar Rebelo de Sousa, residiu durante o período colonial, quando foi governador-geral de Moçambique, entre 1968 e 1970.

A última ocasião em que os Presidentes de Portugal e Moçambique estarão juntos no âmbito desta visita de Estado acontecerá no último ponto da agenda, na sexta-feira, num jantar oferecido por Marcelo Rebelo de Sousa em honra de Filipe Nyusi, no hotel Polana.

Lusa

  • Atirador canadiano mata combatente do Daesh a 3,5km de distância

    Mundo

    Um atirador das Forças Especiais do Canadá matou um combatente do Daesh com um tiro disparado a 3,5 quilómetros de distância, no passado mês de maio, no Iraque. O Comando de Operações Especiais canadiano garantiu à BBC que a distância do disparo, realizado com sucesso, é já considerada um recorde na história militar.

  • Revelada a verdadeira identidade de Banksy?

    Cultura

    O músico e produtor Goldie pode ter revelado a identidade do artista mais conhecido por Banksy, durante uma entrevista ao podcast do rapper Scroobius Pip. Goldie referiu Robert Del Naja de forma acidental e os fãs acreditam que a identidade do artista britânico foi finalmente desvendada.

  • "Mãe, por favor, para de dizer asneiras. Não quero que leves um tiro"
    0:51

    Mundo

    O Departamento de Investigação da Polícia do Minnesota divulgou esta sexta-feira um vídeo com imagens de um incidente que levou à morte de um afro-americano pela polícia, nos Estados Unidos da América. Em julho de 2016 um polícia atingiu mortalmente Philando Castile, de 32 anos, durante uma operação de controlo rodoviário. O homem procurava os documentos de identificação quando o polícia disparou quatro tiros. Nas imagens é possível ver o desespero da filha da companheira de Philiando Castile, minutos depois de ter visto o padrasto a morrer. O agente responsável pela morte de Castile foi absolvido pelo Tribunal na semana passada.

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43

    Mundo

    Um vídeo de um acidente numa autoestrada em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), está a tornar-se viral nas redes sociais. Nas imagens é possível ver um motociclista a dar um pontapé num carro que seguia à sua frente. Como forma de "retribuição", o carro vira na direção da mota mas bate no separador e depois numa carrinha que acabou por capotar. Segundo a imprensa norte-americana o condutor da carrinha foi levado para o hospital com ferimentos ligeiros. Já a pessoa que conduzia a mota seguiu o seu caminho.