sicnot

Perfil

País

Portugal com segunda maior subida de emissões de CO2 na UE

As emissões de dióxido de carbono (CO2) na área da energia aumentaram ligeiramente na União Europeia, em 2015, mas Portugal registou uma subida mais acentuada, sendo o segundo maior acréscimo entre os Estados membros, revela o Eurostat.

Portugal tem duas grandes centrais a carvão, em Sines (na foto) e no Pego.

Portugal tem duas grandes centrais a carvão, em Sines (na foto) e no Pego.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters (Arquivo)

As emissões de CO2 relacionadas com os combustíveis fósseis, o principal responsável pelo aquecimento do planeta e pelas alterações climáticas, subiram 0,7% em comparação com os valores de 2014, segundo as estimativas divulgadas na terça-feira pelo gabinete oficial de estatísticas da União Europeia (UE).

Em Portugal, a subida de emissões foi de 8,6% em 2015, só ultrapassado pela Eslováquia, com 9,5%.

Ao contrário, Malta, Estónia, Dinamarca e Finlândia apresentam as descidas mais acentuadas.

O dióxido de carbono contribuiu com 80% para o conjunto dos gases com efeito de estufa, que a UE, como o resto do mundo, está a tentar reduzir com várias medidas, nomeadamente nos setores da energia e dos transportes, e com a assinatura do acordo global sobre o clima, no âmbito da ONU.

Portugal tem duas grandes centrais a carvão, em Sines e no Pego, e a sua atividade depende de vários fatores, desde o nível de consumo, relacionado com a situação económica do país, às condições meteorológicas, pois em anos secos, a falta de chuva vai implicar menos produção de energia nas centrais hidroelétricas, sendo necessário recorrer mais ao carvão.

Especialistas da Agência Internacional da Energia (IEA na sigla em inglês), citados num estudo de 2015, defendem que as emissões de CO2 com origem na queima de carvão terão de descer em média 8% por ano até 2040 para manter o aquecimento global abaixo de dois graus Celsius.

Lusa

  • Como reduzir as emissões de gases com efeito de estufa

    Infografias

    O efeito de estufa é um fenómeno global muito importante para a existência de vida, como a conhecemos, no Planeta Terra. Se a atmosfera terrestre não tivesse na sua composição gases com efeito de estufa (GEE), a Terra teria uma temperatura média muito mais baixa (cerca de -20°C). Estes gases funcionam como uma espécie de "cobertor" que envolve a Terra, mantendo uma temperatura amena (cerca de 15°C em média) à superfície. Ora, o aumento de concentração de GEE vai exacerbar o efeito de estufa e aumentar a temperatura média global. Há uma série de gases com efeito de estufa, como o Dióxido de carbono (CO2), o Metano (CH4) e o Óxido nitroso (N2O).

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato. 

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.