sicnot

Perfil

País

Projeto recolhe beatas para alertar para risco de incêndios

Os promotores do projeto "10 milhões na berma da estrada" realizam no domingo uma caminhada, em Sesimbra, para alertar para o risco de provocar incêndios ao lançar pontas de cigarros pelas janelas dos veículos, recolhendo beatas durante o percurso.

"O projeto tem como objetivo, nos próximos dois a três anos, recolher 10 milhões de beatas [uma por cada cidadão português] nas bermas das estradas nas zonas de floresta e de mata", afirmou Orlando Martins, da organização, à Lusa.

A iniciativa, organizada por um grupo de 20 cidadãos independentes, "pretende despertar a consciência dos automobilistas, alertando para o aumento do risco de incêndio por ignição em zonas florestais atravessadas por rodovias", uma vez que "cerca de 30% dos incêndios florestais em Portugal começam na berma da estrada".

"A mensagem principal é, através de uma iniciativa a longo prazo e do volume de 10 milhões de beatas, ser capaz de transmitir aos portugueses que somos cidadãos cada vez mais civilizados", declarou Orlando Martins.

A organização pretende alargar a iniciativa a outros municípios, como o de Leiria e de Santarém, tendo em conta que entre "Lisboa, o Centro e o Norte, a zona do pinhal de Leiria e de Santarém é muitas vezes castigada por este problema".

Como forma de estender o projeto, a organização está em contacto com o Ministério da Educação para tentar incluir atividades no programa escolar.

A caminhada de domingo será de quatro quilómetros, tem um caráter informal e vai realizar-se entre as 09:00 e as 12:00, a partir da rotunda do Marco do Grilo, na estrada nacional 378.

Seguirá em direção a Sesimbra, no distrito de Setúbal, contando com o apoio, entre outros, da Câmara Municipal de Sesimbra.

Lusa

  • Tomadas medidas para evitar danos ambientais após acidente na barra da Armona
    1:49

    País

    Quatro tripulantes foram transportados para o hospital com hipotermia, depois de terem caído ao mar. A embarcação onde seguiam, e que faz trabalhos de reposição de areias, virou-se esta manhã, na ilha da Armona, em Olhão. As autoridades vão abrir um inquérito para apurar as causas do acidente e estão a tomar medidas para evitar danos ambientais, visto que a embarcação transportava 12 mil litros de gasóleo.

  • Papa no Chile em ambiente de contestação à Igreja Católica
    3:13

    Mundo

    O Papa pediu hoje perdão pelos crimes de pedofilia cometidos por membros da Igreja Católica no Chile, referindo que sentiu "dor e vergonha" diante do "dano irreparável" causado às crianças vítimas de abuso sexual. Francisco está a cumprir uma deslocação de três dias ao Chile, onde a contestação à visita e à Igreja se faz sentir. O Papa enfrenta um ambiente hostil na sexta viagem à América Latina, devido à denúncia de abusos sexuais na Igreja.

  • Reviravolta na Operação Fizz
    1:09

    País

    O juiz que vai julgar o chamado processo da Operação Fizz decidiu aceitar as denúncias de Orlando Figueira contra o presidente do Banco Atlântico e o advogado Daniel Proença de Carvalho. As acusações do principal arguido contra o banqueiro Carlos Silva e o advogado Proença de Carvalho podem trazer uma reviravolta ao processo.

  • Apoio psicológico fundamental em Vila Nova da Rainha
    2:19
  • Projeto Bairros Sem Cárie levou 300 pessoas do Seixal ao dentista
    3:08

    País

    Portugal tem dos piores indicadores de saúde oral da Europa e ir ao dentista é quase um luxo. Num país assim ganham ainda mais relevância iniciativas como o projeto Bairros Sem Cárie. 300 pessoas de bairros sociais do Seixal tiveram uma consulta de estomatologia gratuita.

  • Homem rompe a garganta ao tentar impedir espirro

    Mundo

    Impedir um espirro apertando o nariz pode causar sérias lesões. Foi o que aconteceu a um homem na Grã-Bretanha que teve de ser hospitalizado porque sofreu uma rutura na garganta ao apertar boca e nariz ao espirrar.