sicnot

Perfil

País

Quatro distritos sob aviso amarelo amanhã devido à previsão de chuva

Quatro distritos de Portugal continental vão estar na quinta-feira sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva, informou hoje o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© Rafael Marchante / Reuters

De acordo com o instituto, os distritos de Évora, Faro, Setúbal e Beja vão estar sob aviso amarelo entre as 06:00 e as 18:00 de quinta-feira devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada.

O IPMA colocou ainda o distrito de Faro sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima, com ondas de sueste com dois metros, em especial no Barlavento, até às 18:00 de hoje.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave numa escala de quatro, significa "risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica".

O instituto prevê no continente períodos de céu muito nublado, apresentando-se em geral pouco nublado até ao final da manhã, chuva fraca ou aguaceiros fracos na região sul, estendendo-se gradualmente às restantes regiões a partir da tarde.

Está também previsto vento em geral fraco do quadrante leste, soprando moderado a forte no Algarve e nas terras altas, pequena subida da temperatura mínima e descida da máxima nas regiões centro e sul.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, aguaceiros, em especial nas vertentes norte e terras altas, possibilidade de ocorrência de trovoada e vento fraco a moderado de noroeste, tornando-se moderado a forte a partir do meio da tarde.

Nas terras altas, o vento será moderado do quadrante norte, tornando-se forte de noroeste, com rajadas até 70 quilómetros por hora a partir do meio da tarde.

Para o grupo ocidental dos Açores (Flores e Corvo) prevê-se períodos de céu muito nublado, com abertas a partir da tarde, aguaceiros fracos durante a madrugada e vento do quadrante norte bonançoso.

No grupo central (Graciosa, Pico, Faial, Terceira e São Jorge) o instituto prevê céu geralmente muito nublado, períodos de chuva fraca, passando a aguaceiros fracos e vento do quadrante oeste fraco, rodando para norte e tornando-se bonançoso.

Para o grupo oriental (Santa Maria e São Miguel) a previsão aponta para períodos de céu muito nublado com boas abertas, aumentando de nebulosidade a partir da noite, aguaceiros fracos a partir da noite e vento do quadrante norte bonançoso.

No que diz respeito às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 16 e 28 graus Celsius, no Porto entre 17 e 28, em Vila Real entre 10 e 26, em Viseu entre 12 e 28, em Bragança entre 08 e 27, na Guarda entre 10 e 22, em Castelo Branco entre 15 e 27, em Coimbra entre 16 e 29, em Santarém entre 13 e 28, em Évora entre 10 e 28, em Beja entre 11 e 28, em Faro entre 20 e 22, no Funchal entre 16 e 21, em Ponta Delgada entre 13 e 20, na Horta entre 14 e 20 e em Santa Cruz das Flores entre 16 e 17.

Com Lusa

  • "Ataque terrorista" no centro de Barcelona

    Ataque em Barcelona

    Uma carrinha atropelou várias pessoas esta tarde em Barcelona, Espanha, na área turística de Las Ramblas. A polícia confirma oficialmente um morto e 32 feridos, mas outras fontes asseguram a existência de várias vítimas mortais. As autoridades falam de um "ataque terrorista" e revelaram a foto do suspeito.

    Direto

    SIC

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19