sicnot

Perfil

País

Quatro distritos do continente sob aviso amarelo devido à chuva

Quatro distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

(Arquivo)

(Arquivo)

REUTERS

De acordo com o instituto, os distritos de Évora, Faro, Setúbal e Beja estão sob aviso amarelo desde as 06:00 e até às 18:00 hoje devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave numa escala de quatro, significa "risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica".

O instituto alertou na quarta-feira para o agravamento do estado do tempo em Portugal continental devido à influência de "um núcleo depressionário situado a nordeste do arquipélago da Madeira em deslocamento para o território do continente, onde se fará sentir a sua influência até sexta-feira à tarde".

Segundo o IPMA, a partir de hoje prevê-se a ocorrência de precipitação, eventualmente acompanhada de trovoada, nas regiões sul e centro, e que se estenderá à região norte na sexta-feira.

"Adicionalmente, e com a aproximação de uma nova depressão ao território do continente, prevê-se um agravamento significativo do tempo a partir da tarde de sábado, tal que a precipitação poderá ser intensa e acompanhada de vento forte, pelo menos até ao final do dia de domingo", adiantou o instituto.

Está também prevista uma descida dos valores acentuados da temperatura máxima, que será mais significativa no litoral oeste e no interior da região sul (entre 07 e 10ºC), estendendo-se depois às regiões do interior norte e centro.

O instituto prevê nas regiões do norte e centro do continente céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, progredindo gradualmente de sul para norte, e que poderão ser pontualmente fortes a partir do início da tarde, possibilidade de ocorrência de trovoada a partir da tarde, vento fraco, soprando por vezes moderado do quadrante sul nas terras altas da região centro e descida da temperatura máxima, sendo acentuada no litoral.

No sul prevê-se céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, que serão pontualmente fortes, condições favoráveis à ocorrência de trovoada, vento fraco, soprando por vezes moderado do quadrante sul e descida da temperatura máxima, sendo acentuada no litoral oeste.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, aguaceiros nas vertentes norte e terras altas, sendo em geral fracos e pouco frequentes e vento moderado a forte de noroeste, soprando forte com rajadas até 70 quilómetros por hora nas terras altas até ao final da manhã.

Para os Açores o instituto prevê períodos de céu muito nublado com boas abertas, tornando-se encoberto a partir do final da tarde, aguaceiros fracos a partir da noite e vento bonançoso, tornando-se moderado.

Em Lisboa e no Porto as temperaturas vão oscilar entre 16 e 20 graus Celsius, em Vila Real entre 14 e 23, em Bragança entre 13 e 25, em Viseu entre 14 e 21, na Guarda entre 13 e 18, em Coimbra entre 16 e 22, em Castelo Branco entre 14 e 21, em Santarém entre 14 e 22, em Évora entre 14 e 21, em Beja entre 15 e 21, em Faro e no Funchal entre 16 e 21, em Ponta Delgada e Horta entre 14 e 20 e em Santa Cruz das Flores entre 14 e 18.

Com Lusa

  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.