sicnot

Perfil

País

António Costa recebido com concentração de alunos e pais em Braga

Cerca de 200 alunos e encarregados de educação do Externato D. Henrique de Braga estão hoje de manhã concentrados junto ao edifício da GNRATION que está a ser visitado pelo primeiro-ministro, António Costa.

Na origem da concentração dos alunos e pais está o despacho normativo do Ministério da Educação que, segundo os encarregados de educação, significará a "Morte lenta da escola".

Os representantes dos pais dos alunos que frequentam os anos de escolaridade entre o 5.º ano e o 12.º ano, estão em frente ao edifício para serem recebidos pelo primeiro-ministro, constatou a Lusa no local.

O GNRATION é um espaço orientado para a promoção de atividades artísticas e para a exploração e disseminação das artes digitais. Através uma estratégia sustentada e de permanente abertura à comunidade pretende afirmar-se como polo aglutinador de dinâmicas culturais e criativas, assumindo-se como um espaço orientado para a sensibilização e formação de novos públicos, expondo-os a práticas artísticas relevantes à luz de uma perspectiva contemporânea e cosmopolita, lê-se na sua página da Internet.

O primeiro-ministro está hoje em Braga a participar no Fórum Económico que encerra Semana da Economia de Braga, evento organizado pela InvestBraga.

Lusa

  • Costa reúne-se com delegação de professores para discutir ensino privado
    0:57

    País

    O primeiro-ministro enfrentou hoje um protesto de pais, professores e alunos das escolas privadas de Braga. Os manifestantes aproveitaram a visita de António Costa à cidade para se fazerem ouvir. O chefe do Governo aceitou receber uma delegação de quatro pessoas, que expressaram os receios do futuro das escolas privadas em Portugal. À saída, os professores que participaram na reunião disseram que o primeiro-ministro prometeu avaliar a situação caso a caso.

  • Estado vai deixar de financiar novas turmas nos colégios privados
    3:36

    País

    A partir do próximo ano letivo, o Ministério da Educação vai deixar de financiar novas turmas em colégios privados totalmente financiados pelo Estado, caso haja vagas na rede pública. A Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo diz que as novas medidas vão levar ao despedimento de 5 mil docentes e não docentes e, a medida vai implicar indemnizações que rondam os 54 milhões de euros. No próximo ano, as escolas privadas com contrato de associação poderão perder 656 turmas.

  • Colégio na Guarda junta-se aos protestos em defesa do ensino privado
    1:22

    País

    O Colégio Outeiro de São Miguel, na Guarda, também se juntou aos protestos em defesa do ensino privado na rede pública. Quase 500 alunos, apoiados por pais, professores e funcionários, exteriorizaram o medo de ver fechar a única escola do género na região. Além dos 470 alunos o colégio acolhe atualmente mais de 20 crianças e jovens em risco.

  • Alunos e professores de colégio privado protestam contra novas regras
    2:01

    País

    Os alunos e professores do Instituto Nun'Alvares, em Santo Tirso, protestaram hoje contra as novas regras dos contratos de associação. A partir do próximo ano letivo, o estado vai deixar de pagar por novas turmas em colégios privados, em regiões onde exista vagas na rede pública. A Associação de Pais está preocupada com a possível interrupção dos ciclos educativos, contudo O Ministério da Educação garante que isso não vai acontecer.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.