sicnot

Perfil

País

Condutor condenado por conduzir alcoolizado duas vezes no mesmo dia

O Tribunal da Relação do Porto (TRP) condenou a oito meses de prisão, com pena suspensa, um condutor apanhado duas vezes, no mesmo dia, a conduzir alcoolizado um veículo automóvel, segundo um acórdão hoje consultado pela Lusa.

Em novembro de 2015, o Tribunal do Porto absolveu o arguido de um dos dois crimes de condução de veículo em estado de embriaguez de que estava acusado, por entender que não lhe poderia ser imputado novo crime, até completa eliminação pelo organismo dos efeitos do álcool.

No entanto, o Ministério Público não concordou com a decisão e recorreu para a Relação, que entendeu haver duas resoluções criminosas e, logo, dois crimes de condução em estado de embriaguez.

O caso remonta à madrugada de 31 de outubro de 2015, quando o arguido foi apanhado duas vezes a conduzir uma viatura nas ruas do Porto, após ter ingerido bebidas alcoólicas.

A primeira vez ocorreu às 03:25, tendo o condutor acusado uma taxa de alcoolemia de 1,50 gramas de álcool por litro de sangue.

Cerca de uma hora depois, voltou a ser apanhado a conduzir a mesma viatura, tendo acusado nessa altura uma taxa de alcoolemia de 1,27 gramas de álcool por litro de sangue.

Para os juízes desembargadores, não há dúvida que a factualidade descrita "integra dois episódios absolutamente distintos a nível temporal, ambos violadores do bem jurídico da segurança rodoviária, que desse modo foi por duas vezes posto em causa".

Após a primeira fiscalização, segundo o TRP, o arguido "teve necessariamente de formular uma nova resolução criminosa para voltar a conduzir, diferente da primeira, da qual se encontra inclusive temporalmente distanciada".

O acórdão refere ainda que a personalidade do arguido denota "uma preocupante tendência para descurar a segurança rodoviária e encarar de forma leviana a integridade física e até a vida dos outros, o que intensifica as necessidades de prevenção especial".

O TRP decidiu, assim, revogar a decisão da primeira instância e condenar o arguido a cinco meses de prisão, por cada um dos dois crimes de condução em estado de embriaguez, e três meses, por um crime de desobediência qualificada.

Em cúmulo jurídico foi-lhe aplicada uma pena única de oito meses, suspensa pelo período de um ano.

O arguido, que já tem duas condenações por condução de veículo em estado de embriaguez, foi ainda condenado na pena acessória de 16 meses de proibição de conduzir veículos motorizados.

Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes. Os passageiros desembarcaram, como registou no Twitter um jornalista da Al-Jazzera que seguia a bordo. Segundo este depoimento, uma pessoa foi levada para o hospital com problemas cardíacos.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.