sicnot

Perfil

País

Produtores de leite e suinicultores com isenção de 50% das contribuições à Segurança Social

Os produtores de leite de vaca e de carne de suíno beneficiarão entre abril e dezembro deste ano de uma dispensa de 50% do pagamento das suas contribuições para a Segurança Social, foi hoje anunciado.

De acordo com a portaria hoje publicada em Diário da República, a medida visa "responder às dificuldades que os setores da produção do leite e da produção de carne de suíno enfrentam" e após ter sido determinado pelo Governo no Orçamento do Estado para 2016 a preparação de "medidas urgentes que se reflitam positivamente no quotidiano destes produtores e na atividade do setor no imediato".

De acordo com o documento, por se tratar de uma situação de excecional interesse público, a medida, de caracter temporário, consubstancia-se "numa isenção parcial do pagamento de contribuições por um período de nove meses relativamente ao universo dos destinatários abrangidos, enquanto produtores enquadrados no regime dos trabalhadores independentes e respetivos cônjuges, e na qualidade de entidades empregadoras".

A dispensa parcial do pagamento de contribuições prevista depende da entrega de um requerimento junto dos serviços competentes do Instituto da Segurança Social, no prazo de 20 dias a contar da data de entrada em vigor da presente portaria.

A apresentação do requerimento suspende a obrigação do pagamento parcial das contribuições objeto de dispensa, até à decisão do pedido.

A portaria refere ainda ser condição de acesso a esta dispensa contributiva que os requerentes tenham a sua situação regularizada perante a administração fiscal e a Segurança Social.

"Em caso de regularização da situação contributiva e tributária durante o período de isenção parcial, a dispensa produz efeitos a partir do mês seguinte ao da regularização, e mantém -se pelo período remanescente", acrescenta.

Lusa

  • Capoulas Santos reúne-se com Suinicultores

    Economia

    O Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Capoulas Santos, recebe hoje a Federação Portuguesa das Associações de Suinicultores. Os suinicultores têm realizado várias ações de protesto no país contra a crise no setor. Em causa estão as dificuldades de escoamento da carne de suíno e a quebra nos preços.

  • Suinicultores apelam ao consumo da carne portuguesa
    2:39

    Economia

    Os suinicultores voltaram às reivindicações na rua e apelaram consumo da carne portuguesa oferecendo uma tonelada de carne de porco a quem passou pela Gare do Oriente. Desde o final do ano passado que os suinicultores têm saído à rua como forma de alertar para a crisa do setor.

  • Produtores de leite pedem aos restaurantes que comprem produtos nacionais
    0:43

    Economia

    Um grupo de produtores de leite esteve hoje, ao final da manhã, na Ribeira do Porto em mais uma ação de marketing e sensibilização. Carlos Neves, presidente da Associação de Produtores de Leite, explicou porque é que, desta vez, quiseram falar diretamente com os empresários da restauração. De bandeira nacional na mão, distribuíram panfletos e cartazes que, nos próximos tempos, querem ver colados em restaurantes, cafés, supermercados e mercearias. O objetivo é alertar e sensibilizar os consumidores para a necessidade de comprar leite e produtos lácteos de origem nacional.

  • "Este é o elefante na sala sobre a saúde!"
    1:43

    País

    Catarina Martins acusa o Governo de estar alinhado com a direita na promoção de negócios privados na área da saúde. O Bloco de Esquerda quer uma nova lei de bases aprovada até ao final da legislatura e arrancou ontem com um ciclo nacional de sessões públicas para defender o Serviço Nacional de Saúde.

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05