sicnot

Perfil

País

"Não terminarão contratos de associação em nenhum local onde não exista escola pública"

"Não terminarão contratos de associação em nenhum local onde não exista escola pública"

O Bloco de Esquerda saiu hoje em defesa do Governo ao garantir que nenhum aluno das escolas privadas com acordo com o Estado será obrigado a deixar a turma onde está inserido. Catarina Martins garante que o que está em cima da mesa é a abertura de novas turmas e as escolas que querem a ajuda do Estado em locais onde há oferta pública e dá o exemplo de Coimbra.

  • Alunos e professores de colégio privado protestam contra novas regras
    2:01

    País

    Os alunos e professores do Instituto Nun'Alvares, em Santo Tirso, protestaram hoje contra as novas regras dos contratos de associação. A partir do próximo ano letivo, o estado vai deixar de pagar por novas turmas em colégios privados, em regiões onde exista vagas na rede pública. A Associação de Pais está preocupada com a possível interrupção dos ciclos educativos, contudo O Ministério da Educação garante que isso não vai acontecer.

  • Colégios em protesto contra fim do apoio estatal
    2:59

    País

    Os colégios privados estão hoje em protesto contra o fim do apoio do Estado. Alegam que se o dinheiro público acabar, podem ser obrigados a cortar turmas e a despedir pessoal. Em Famalicão e Santo Tirso, por exemplo, o protesto dos colégios privados juntou, esta manhã, centenas de alunos, pais, professores e dirigentes escolares.

  • Colégios privados queixam-se que Governo está a quebrar contrato
    3:19

    País

    A guerra entre o Governo e os colégios privados com contratos de associação volta a acender-se. O Ministério da Educação quer mudar as regras já no próximo ano letivo, reduzindo as turmas financiadas sempre que exista oferta na rede pública, como prevê a lei. As escolas do ensino cooperativo queixam-se que o Governo está a quebrar um contrato, assinado há menos de um ano com o Governo do PSD e com validade de três anos. Rodrigo Queiroz e Melo da Associação Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo dá a sua opinião sobre o assunto.

  • Ministério não volta atrás e vai reduzir turmas dos colégios privados
    2:31

    País

    O Ministério da Educação não vai voltar atrás e garante que no próximo ano vai mesmo reduzir as turmas dos colégios privados financiadas pelo Estado. As escolas com contrato de associação queixam-se de quebra de compromisso com contratos assinanados há menos de um ano pelo Governo do PSD. Cerca de 1700 turmas de 68 escolas. O Estado gastava 80.500€ por turma. Os colégios dizem que vão ser obrigados a despedir, alguns deles podem mesmo fechar.

  • Passos acusa Governo de alterar regras dos contratos celebrados
    1:01

    País

    Depois da polémica em torno do financiamento do Estado a turmas dos colégios privados, Pedro Passos Coelho acusa o Governo de estar a quebrar as regras que foram celebradas nos contratos de associação e avisa que podem vir aí consequências para o Estado. O ex-primeiro-ministro considerou ainda a atitude do Governo retrógrada.

  • Cristas acusa PS de estar "capturado pela agenda da esquerda radical" na Educação
    2:11

    País

    Assunção Cristas acusa o PS de estar "capturado pela agenda ideológica da esquerda radical" no setor da Educação. Em causa está a polémica em torno da redução do financiamento do Estado a turmas dos colégios privados. Passos Coelho considera esta discussão retrógrada e diz que muito provavelmente o Estado vai ser colocado em tribunal por estas escolas.

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.