sicnot

Perfil

País

Cortejo da Queima das Fitas deixou 35 toneladas de resíduos nas ruas de Coimbra

Os serviços de limpeza de Coimbra recolheram 35 toneladas de resíduos provocados pelo cortejo da Queima das Fitas, que decorreu na tarde de domingo, informou hoje o município.

PAULO NOVAIS

A operação envolveu 69 trabalhadores e 24 meios mecânicos, disse o vereador do Ambiente da Câmara de Coimbra, Carlos Cidade, que falava durante a sessão do executivo municipal.

Esta quantidade de resíduos representa mais do dobro do volume de lixo resultante da edição de 2015 do desfile dos estudantes de Coimbra.

Na altura, foram deixadas nas ruas e praças pelas quais passou o cortejo, entre a Alta e a Baixa da cidade, cerca de 16 toneladas de resíduos.

Para Carlos Cidade, o substancial aumento da produção de lixo entre os anos deve-se, em grande parte, ao facto de durante o cortejo de domingo "ter chovido muito, ficando muitos resíduos, designadamente de papel, ensopados em água".

É natural, no entanto, que "a chuva não explique tudo", admitiu o vereador, que não encontra outras razões para o aumento.

Os trabalhos de recolha de lixo e de limpeza das ruas, desenvolvidos imediatamente a seguir à passagem dos carros alegóricos dos estudantes, envolveram desta vez mais um trabalhador e mais um meio mecânico do que no ano passado.

A operação foi efetuada pelos serviços de limpeza da Câmara de Coimbra e de uma empresa com a qual a autarquia tem contrato de prestação de serviços.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.