sicnot

Perfil

País

PSD diz que interesses do ministro da Educação são os mesmos da FENPROF

Uma fonte da direção do PSD disse à SIC que os interesses que o ministro da Educação representa são claros e, que são os mesmos da FENPROF e de Mário Nogueira.

JOS\303\211 COELHO

No dia 7 deste mês, Pedro Passos Coelho acusou o ministro da Educação de estar a tomar decisões, influenciado pelos partidos de esquerda que sustentam o Governo e, de representar outros interesses que não os da comunidade educativa.

No meio da polémica sobre a revisão dos contratos de associação entre o Estado e os colégios privados, o líder do PSD disse que começa "a ter dúvidas" de que o governante "seja mesmo ministro da Educação".

  • Passos insinua que ministro da Educação se move por interesses
    2:29

    País

    O Governo veio exigir que Pedro Passos Coelho concretize as acusações contra o Ministro da Educação. Ontem, o lider do PSD insinuou que Brandão Rodrigues se move por interesses, na revisão dos contratos entre o Estado e os colégios privados. A polémica vai continuar nos próximos dias. Um movimento de colégios privados vai entregar quase 100 mil cartas ao Primeiro-Ministro e ao Presidente da República.

  • Passos acusa Governo de alterar regras dos contratos celebrados
    1:01

    País

    Depois da polémica em torno do financiamento do Estado a turmas dos colégios privados, Pedro Passos Coelho acusa o Governo de estar a quebrar as regras que foram celebradas nos contratos de associação e avisa que podem vir aí consequências para o Estado. O ex-primeiro-ministro considerou ainda a atitude do Governo retrógrada.

  • Passos Coelho lança ataque à política de Educação do Governo socialista
    2:04

    País

    Pedro Passos Coelho fez duras críticas à atual política de Educação. Ontem à noite, o presidente do PSD insinuou que o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues representa interesses alheios ao Governo. No discurso que assinalou os 42 anos do PSD, o ex-primeiro-ministro criticou ainda a anunciada intenção de acabar com os contratos de associação entre o Estado e os colégios privados.

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.